Resenha - 5º Cavaleiro - James Patterson e Maxine Paetro

escrito por Rafael Fernandes


Sinopse:
Um assassino brinca de Deus. Quando a tenente Lindsay Boxer fica sabendo que 20 pacientes prestes a receber alta morreram de forma suspeita no conceituado Hospital Municipal de São Francisco, ela desconfia de que há algo errado. Será mera coincidência? Ou alguém anda tirando a vida de inocentes? O maior julgamento de São Francisco. Inconformados, os familiares das vítimas resolvem processar o hospital por negligência médica. Enquanto a cidade se prepara para um dos mais aguardados julgamentos de sua história, Lindsay e suas amigas do Clube das Mulheres contra o Crime têm um motivo pessoal para investigar o caso. Não há tempo a perder. A nova integrante do grupo, Yuki Castellano, teme que sua mãe, internada na UTI do centro médico, não saia de lá com vida. Numa corrida contra o tempo, Lindsay e Yuki percebem que não são bem-vindas pela diretoria do hospital, que pode estar tentando salvar sua própria reputação.

Resenha:
Um livro de tirar o fôlego do começo ao fim de cada capítulo.

Quando iniciei a leitura não imaginava o quanto o autor me prenderia, pois quando desgrudava do livro, ficava pensando na história, ou outras vezes sonhava acordado, o problema era que o caso da tenente Lindsay, ainda não havia sido solucionado e outra que a mescla de outros casos como dos assassinos constantes no hospital Municipal leva a acreditar que a história estava apenas começando.

Narrado em 3ª pessoa, no entanto alternando para a 1ª pessoa as vezes, James Patterson fez um ótimo trabalho ao lado de Maxine Paetro, essa desenvoltura para mesclar duas histórias e interligá-las é fantástico, além do mais, escrever assim é muito difícil, pelo menos pra mim. Sem contar na forma como guiava o leitor depois e antes do fato acontecer, só para deixar-nos ansioso para a próxima página.

Adorei a personagem Lindsay e suas amigas, Claire, Yuki, entre outras, são do Clube das Mulheres contra o Crime, o que achei legal da interação delas, investigar o caso me pareceu satisfatória com a coesão analisada nas descrições feitas pelo autor, e melhor ainda quando fiquei sabendo que a série foi adaptada para a televisão.

Me senti num filme americano policial, coisa que agora estou começando a adorar ler, não me interessava tanto assim por policiais antes, agora vou ter que sorrir mais (com vontade) quando ganhar um livro desse tipo.

Não tenho como resumir a história até porque é meio complexa, com muitos personagens, e vários nomes, o que me fez perder um pouco as rédeas do livro, mas nada que tenha atrapalhado minha leitura, a diagramação está perfeita, só o espaçamento dos capítulos ficou cansativo, mas valeu a pena.

Ninguém jamais iria prever, nem o próprio leitor de como terminaria a trama, digno de estrelar no cinema.

Demorei séculos para descobrir quem seria o tal do 5º cavaleiro, só digo uma certeza, não leia o último capítulo antes, lá tem spoiler, e eu quase que perdi o gosto da leitura por causa disso. Super recomendado, agora que policial está na moda, vou ter que me acostumando a ler esse tipo de leitura que agradou e muito.

Sobre o autor:
James Patterson é hoje um dos autores mais vendidos no mundo inteiro. Seu livro de estréia The Thomas Berrynan Number ganhou o Edgar Award de melhor romance policial. Foi publicado em 1976, depois de recusado por mais de 20 editores. O autor iniciou então uma série de best-sellers, incluindo os seis livros com o personagem Alex Cross, um detetive-psicólogo. Antes de se tornar um escritor em tempo integral, Patterson trabalhou na área de Publicidade por muitos anos. Foi presidente da J. Walter Thompson, North America, de 1990 a 1996. Estudou no Manhattan College e depois na Vanderbilt University. Vive atualmente em Palm Beach, Flórida, com a mulher e o filho.

Título: 5º Cavaleiro
Título original: The 5th Horseman
Editora: Arqueiro
Autor: James Patterson e Maxine Paetro
ISBN: 9788580410341
Gênero: Suspense, Ficção Americana.
Número de páginas: 224
Nota: 5 de 5.

Livro resenhado por parceria da editora

PARTICIPE DA PROMOÇÃO CLICANDO AQUI.


12 Comentaram:

  1. Oi!
    Apesar do livro não fazer muito meu estilo,gostei muito da sua resenha. A temática é bem interessante.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Pat fodastico ! Não vejo a hora de ler mais um livro dele ! Boa resenha ") 

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o ator e não sou grande entusiasta de livros policiais. Na verdade, foram poucos os que li na vida. Mas esse é decididamente um gênero que prende a leitura, por causa do alto nível de suspense que eles sempre apresentam. Vou levar sua dica em consideração, quando estiver procurando algo do estilo para ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu li O Diário de Suzana para Nicolas e este se tornou favorito, então acho que vou gostar de 5°Cavaleiro, começando pela história que me chamou atenção desde o lançamento e agora com sua resenha, Rafa!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rafael!
    Eu também não gosto muito de policiais, mas ultimamente tem sido lançado uns tão bons que não dá para resistir né hahaEsse do James eu só ouço falar bem, mas não sei, não me interesso por ele. E eu queria saber se dá para entender legal ele sem ter lido os anteriores da série, o que você acha?
    Parabéns pela resenha. xx

    ResponderExcluir
  6. Espero que adore assim como eu me apaixonei pelo livro!

    ResponderExcluir
  7. O livro que você citou que já resenhei aqui é um pouco diferente, já que a temática do 5º cavaleiro é mais policial e suspense, mesmo assim espero que goste!

    ResponderExcluir
  8. Não dá pra resistir mesmo! Esse foi o primeiro policial que li do Patterson, e depois descobri que tem uma série por trás desse livro, mas nada me atrapalhou na leitura, conforme contei na resenha! Obrigado!

    ResponderExcluir
  9. Embora tenha lido mais livros da  Agatha Christie, que qualquer outro autor do gênero, eu gosto de romances policiais. E se esse livro nos faz sentir como se estivéssemos em um filme policial americano, melhor ainda. 
    Duas resenhas seguidas de livros do James Patterson é para nos deixar, realmente, muito curiosos sobre o autor... 
    Como assim não ler o último capítulo antes?  Não podemos fazer isso em romances policiais. rs Mas foi uma boa dica. 

    (:

    ResponderExcluir
  10. Poxa, como gostei desse blog, estou encontrando por aqui resenha dos livros que menos imaginava que iria gostar, e mais do meu gênero literário preferido: suspense. Esse livro me lembrou o 4 de Julho, onde James também escreve com maxine P. e fala sobre o clube das mulheres contra o crime. Esse livro, imagino, deve ser uma continuação a essa novela. Pelo que você citou essa obra parece ser muito viciante e envolvente, aquela que nos fazem ficar pensando quem será, no caso, o 5° cavalheiro. Uma coisa que gosto muito e aparece muito em livros policiais é a mescla de narradores que são alternados entre 1° e 3° pessoa. Depois de suas resenhas vou dar um jeito de comprar esses livros do James Patterson.

    Abraços
    Caique Fortunato - Entre páginas de livros / Twitter

    ResponderExcluir