Resenha - Enfeitiçadas - Jessica Spotswood

escrito por Rafael Fernandes

Título: Enfeitiçadas
Autor: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse:
Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido? Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.

Comentários:
Enfeitiçadas é um livro muito encantador, cheio de magia, mistérios e com toda a delicadeza que a época do século XIX.

Cate é a mais velha das três irmãs, logo após sua mãe falecer prometera cuidar de Tess e Maura. Depois que Cate descobre sobre uma profecia, vem tomando mais cuidado com as suas irmãs, preocupadas com a possibilidade da Irmandade e a Fraternidade descobrirem que elas são bruxas. Bruxaria é um ato de punição na comunidade, e ela não queria acabar numa prisão deixando suas irmãs à míngua.

O romance é algo passível de perceber logo no início da leitura, Cate nos engana com todos os bons modos quando se apresenta perante seu velho amigo e vizinho. No entanto, há outro personagem capaz de roubar seu coração e fazê-la feliz, mesmo negando a si mesma que deve seguir os princípios da comunidade. Será que optará para seguir a Fraternidade ou se casará com seu amigo vizinho? Gostei dessa parte, porque envolve uma trama de casar ou não casar, de vai virar freira ou não, isso é bom numa narrativa porque acaba nos deixando vidrados durante a leitura.

A narrativa é bem fácil de acompanhar, eu pensei que seria difícil pelo tempo que a história se passa, mas não, a autora soube muito bem contextualizar sem perder o sentido da mesma. Gostei de ver que em vários momentos me vi sufocado em cada capítulo, a leitura realmente é viciante.

A história além do romance, se encaixa na busca de Cate por mais detalhes da profecia, o que acaba desvendado mais mistérios da magia que possui.

O que dizer da capa, não poderia faltar uma melhor para representar a história, encenando o amor de Cate por rosas e jardins, achei a ideia fantástica. O leitor irá se deleitar com as cenas de feitiços, que pode parecer simples, mas com a imaginação de quem já leu livros parecidos irão se deliciar com esta parte.

Simplesmente um livro com uma mistura perfeita, magia, mistério, romance e outra época para dar um gostinho de quero mais, o jeito agora é esperar para lançar Amaldiçoadas, o segundo livro da série. Recomendo muito!


0 Comentaram:

Postar um comentário