Como Identificar um Psicopata - Grupo Editorial Pensamento

escrito por Rafael Fernandes

Olá pessoal, como estão, bom vim trazer novidade, e hoje temos um lançamento para este mês pela Editora Cultrix, e pelo qual me interessei muito, o tema é complexo mas todos adoram adentrar nesse mundo terrível da psicopatia. Confira capa e sinopse:

Ao contrário do que se pode pensar, reconhecer um psicopata não é uma tarefa fácil. Nem todas as pessoas que sofrem deste transtorno mental são assassinos compulsivos ou criminosos. Alguns, aparentemente, são pessoas comuns que podem estar mais perto do que se imagina. Portanto, como saber se o ‘perigo’ mora ao lado? 

Em Como Identificar um Psicopata, lançamento da Editora Cultrix, a psicóloga forense Kerrey Daynes explica como funciona a mente de um psicopata e ainda revela os traços de comportamento que os vários tipos têm em comum. 

Por meio de estudos de casos, a autora mostra como os psicopatas se comportam em diferentes papéis e ambientes, e quais são as melhores maneiras de se defender. Além disso, Kerry ajuda os leitores a descobrirem se algum parente ou pessoa próxima pode estar sofrendo deste mal. “O psicopata na sua vida pode ser o seu chefe, seu filho adolescente, seu namorado, seu médico, amante ou o desconhecido com quem você marcou um encontro”, alerta a especialista.

A obra também traz diferentes estudos e pesquisas sobre os seres humanos que sofrem desta “doença da mente”. A American Psychiatric Association (Associação Americana de Psiquiatria) calcula que aproximadamente 3% dos homens e 1% das mulheres na população em geral sejam psicopatas. 

Como Identificar um Psicopata também oferece diversos testes sobre comportamentos, entre eles: ‘Até que Ponto Você é Psicopata?’. Uma obra única e reveladora para que o leitor possa praticar o que aprendeu com os casos relatados em cada capítulo do livro.


1 Comentaram:

  1. É um tema que adoro, mas admito, fico meio cabreira com livros assim.rs
    Recentemente, li um livro da Ana Beatriz,Mentes Perigosas que tratava sobre o mesmo tema. Fiquei meio que achando que todo mundo que me cercava tinha um cadim de psicopata, até eu mesma..rs
    Acredito que o fato de qualquer pessoa poder ser um psicopata em potencial, me assusta um pouco.
    Mas, gostei muito do livro e provavelmente(eu me conheço) vou ler esse livro..rs

    beijo

    ResponderExcluir