Resenha - Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon - Jenna Black

escrito por Rafael Fernandes

Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon 
Autora: Jenna Black
Editora: Universo dos Livros
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse:
Magia, ilusão, ameaças... Dana descobrirá o preço da liberdade O reino de Avalon nunca mais será o mesmo. Um grupo de caçadores bárbaros liderados pelo poderoso Erlking está a caminho do reino e promete causar a destruição total do único lugar em que humanos e feéricos convivem em harmonia. Porém, nem tudo está perdido. Dana Hathaway, uma faeriewalker com a capacidade rara de viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia ao reino de Faerie, é obrigada a selar um pacto sombrio com o Erlking, que pode colocar a perder todos os seus poderes, deixando-a vulnerável perante um inimigo sedutor. Magia, sedução e muito suspense estarão presentes na vida de Dana, que nunca mais será a mesma...

Resenha:
Dana continua a mesma de sempre, na continuação de Glimmerglass, Shadowspell ela está um pouco mais fogosa, só ressaltando que ela é uma mestiça (humana e feérica) e também uma faeriewalker. A capa e a diagramação permanecem a mesma também, só destacando que é muito mais linda que a primeira.

Dana até tenta ter uma vida normal, mas ela vê que não é fácil, já se tratando de ser o que ela não gostaria que fosse. E em relação a Ethan, podemos dizer que o clima começou a esquentar, o que achei a melhor cena.

Com a entrada de Erlking e os Caçadores Bárbaros é que começa realmente o livro Shadowspell, Erlking é um imortal e muito temido, até pelas rainhas que Dana temia mais até pouco tempo atrás, como que por uma parte emocionante do livro agora ele quem está interessada na faeriewalker, quem diria, mais um galã para a história.

Muito bom, achei melhor que o primeiro livro, e gostaria de ler rápido o próximo livro já anunciado pela Editora, sendo Sirensong. 

Esse livro traz mais magia que o anterior, deve ser por isso que esse me despertou mais emoção e curiosidade, além disso Dana não está tão chata como costumava ser, não que deixasse de ser nesse, mas que ela estava menos. Teve vezes que deu vontade de entrar no livro e ensinar Dana a encenar.

Dana tentando usar seus poderes pareceu uma aprendiza de feiticeira, ou pior do que isso... Não contava que ela dominasse todo seu poder, mas espero que no próximo livro ela me surpreenda. Pra quem leu o primeiro e está em dúvida se lê esse, então leia, foi melhor que o primeiro, isso é fato.


4 Comentaram:

  1. Oi Rafa!
    Gostei mais desse livro por dois motivos: a Dana está menos chata e o Erlking. Adorei demais ele!
    Também estou curiosa por Siresong!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro da série, mas espero ler.

    Beijos.

    Arte Around The World

    ResponderExcluir