Resenha - Um Mundo Brilhante - Tammy Greenwood

escrito por Rafael Fernandes

Autora: Tammy Greenwood
Editora: Novo Conceito
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse:
Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato. Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática. Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.

Resenha:
Eu juro que estou tremendo até agora. Que história mais inusitante que li. Foi a primeira vez que vi duas histórias diferentes e conjuntas fazerem tanto sentido e com um objetivo interligado.

Quando olhei a capa, já fiquei doido pra começar a ler, ficava imaginando “Um Mundo Brilhante”, o que significaria para mim ou para quem lesse após toda a leitura do mesmo? Na vida de Ben não há só um mundo, e sim, mais de um, um mundo após o outro, e esse outro pode ser um mundo colorido ou em preto e branco... 

A história entrecortada por duas faces do mesmo. Sendo a primeira a história de Ben e seu drama familiar e sentimental, e segundo, o mistério que ronda sobre a morte de Ricky, aparecido quase morto na porta da casa de Ben numa manhã nublada. Momentos se passam, e Ben conhece Shadi. 

O romance escondido de Ben junto à irmã de Ricky, Shadi, no qual ele se apaixona, quer custe o que custar descobrir quem ocasionou a morte do rapaz. É quando então, que aos poucos Ben se lembra de sua irmã Dusty, que morreu quando era pequena no bosque, e ele sente tristeza até agora em sua fase adulta, e sempre fica se lembrando dos momentos quando passou sua infância ao lado dela. 

Ben mora com sua futura esposa Sara em Flagstaff, e a história no começo se passa na época de Halloween, Sara ama muito ele, e quer se casar em breve, já que ele pediu a mão dela. Há vários momentos em que Ben quer abandonar ela por causa de Shadi, mas nunca consegue, ou por causa do pai dela, ou por causa do bebê que estaria para vir. Se eu contar o resto fica chato para você ler depois... Mas olha só como Ben se sentia:
Ele se sentia como um soldado com uma missão a cumprir, um homem possuído. Ele sentia como se estivesse à beira de um precipício esperando pela rajada de vento que o empurraria para o abismo. Página 304
O interessante do livro, que a história não fica só na desilusão do amor de Ben com Shadi, mas sim na traição dele, e nas descobertas sobre o crime que chocou tanto ele quanto sua noiva e a cidade, noticiada mais tarde, o caso ainda não era notório na cidade no começo, no entanto ele queria que o caso fosse resolvido, que a pessoa que fez aquilo com o irmão de Shadi pagasse pelo feito.

Ben trabalhava em dois lugares, algumas vezes no bar Jack’s, e lecionava História na escola da cidade, já que possuía um doutorado em sua formação, se vangloriava por isso. Enquanto Sara trabalhava como enfermeira no hospital da cidade, ela adorava o que fazia.

Não gosto tanto assim de mistérios, mas Um Mundo Brilhante, com uma mistura de drama familiar, foi show de bola, eu estava ficando entediado por parte do personagem Ben, indeciso e tanto por quem queria ficar, resolvi deixar essa parte rolar, para ver no que daria, achei o final meio bobo, e que não surgiu para o que ele realmente gostaria que fosse, mas talvez Ben estivesse com remorso, ou com alguma culpa ou medo causada no peito. 

É um livro bem confortável, tem um espaçamento perfeito, nunca cansa na leitura, com capítulos pequenos e às vezes grandes e subdividido em alguns subtítulos... Encontrei poucos ou quase nenhum erro de português, a revisão está ótima, a capa mais maravilhosa ainda. A editora deu um show nesse livro.

Recomendo, claro que sim, eu li e adorei, só peço uma coisa, sei que no começo vai desanimar porque é meio chato, mas logo a leitura engata e só vai querer largar o livro quando descobrir o que acontece com o casal Ben e Sara e o que se resolveu para o crime da morte de Ricky. Curiosos? Então, leiam!


7 Comentaram:

  1. Esse livro é muito bom mesmo, é capaz de tocar qualquer pessoa com a incrível narrativa que a autora nos conduz. Eu adorei o livro do começo ao fim e fiquei viciado, a todo instante estava com esse livro nas mãos. Um dos melhores romances que já li, que nos deixa a incerteza e nos aproxima do real. Gostei muito da sua resenha.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já leu e gostou assim como eu. Valeu mesmo pelo elogio! ^^

      Excluir
  2. Achei esse livro mara , suas resenhas estão cada vez melhores rafito !

    ResponderExcluir
  3. Apesar de tudo o que li na resenha sobre o livro, quero lê-lo! ^^
    Se fiquei curiosa sobre o livro? Sim ou claro?!
    Boa resenha, Rafito!

    (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Geh, Claro, o livro é claríssimo, eu que sometimes sou confuso! Mesmo assim muito obrigado! ^^

      Excluir
  4. Tem livros que podem parecer desanimador mesmo no início, mas felizmente eu não sou dessas de desistir. Tem gente que deixa de ler livros ótimos, só pq não engata a leitura no começo.

    Quero muito ler esse livro, Rafa, uma pena que ele ainda vai demorar pra ser lido, pq tem uns 7 ainda na frente dele =/

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir