Resenha - Cerberus - Leonardo Monte

escrito por Rafael Fernandes

Cerberus
Autor: Leonardo Monte
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse:
O terror está instituído pela fome, pela doença e pela miséria humana... A esperança como uma vela de pavio curto... Morrendo... Aos poucos. Canibais, Calabans, Mordecais, Pashits, Ankh-o-rus, Beliahs, Banshees, licantropos e toda sorte de criaturas que antes só existiam em nossos mais terríveis pesadelos vagam pela Terra indiscriminadamente... Destruindo, aterrorizando... E, às vezes, até convivendo conosco em uma relação de total dominância... Cidades viraram ruínas... As pessoas voltaram a viver em vilarejos e feudos, sem um poder central, servindo a governantes tiranos e sanguinários que as exploram cada vez mais e mais... O medievo voltou... A era das trevas flagela novamente a Terra... A humanidade está a ponto da extinção... Em um ato de desespero, o Vaticano decidiu criar em diversos lugares do mundo as Academias de Caçadores... No Brasil criou-se a Cerberus... Nesse sombrio lugar, dominado pela fé cega e padres ortodoxos, corredores escuros e úmidos, luz de velas e treinos sangrentos, calabouços e forcas, encontraremos alguns de nossos personagens: crianças doadas em suas primeiras semanas de vida para transformarem-se em caçadores de extraplanares... Passarão oito anos de duras provações até sagrarem-se dignos... Ou perecerão no caminho? Os fracos não servem a Cerberus... Você está preparado?

Resenha:
O livro "Cerberus" é um livro muito curioso, no qual você fica às vezes com suspense, e às vezes na torcida, mas sempre o autor contornava minhas ideias precoces, isso me dava arrepios. Não há como não gostar dessa leitura maravilhosa de Leonardo Monte.

A história é muito longa, e só lendo para entender toda a estratégia do autor ou vendo a sinopse acima, porque o livro não é dos que se tenha um só único enredo. Engana-se o leitor, se achar que o livro é monótono, muito pelo contrário, é ação do começo ao fim, com uma pitada de quero mais e quero mesmo, porque quando se vai para outro capítulo aparece um suspense e logo vem outra parte que mais tarde descubro, e é interessante, e as coisas ficam mais interessantes ainda. Incrível isso.

Sobre os personagens, não diria que Renan seja o principal, mas foi o quem mais deu cara no livro, ele quem começou a história, não mais, diria que não há personagem principal, mas sim a escola toda e seus queridos alunos. 

Demorei pouco pra descobrir o que seria Cerberus, a escola me lembrou muito Hogwarts (Harry Potter) e do Acampamento Shadow Falls (Nascida à meia-noite), e de todos os aspectos distópicos diria que o mundo não evoluiu muito, pareceu que voltou pra trás, por isso o termo feudo, parece que volta no tempo e não o contrário. Contudo, a amizade presente entre os personagens foi o mais forte pra mim, aprendi muito com o grupo Ursos Vermelhos em sua ousadia, coragem (eles tinham na faixa 12 anos), achei meio que precoce na vontade do autor colocar esse quesito, no entanto não afetou em nada na minha leitura, só não achei certo o sexo explícito por parte de um dos menores do bando, que pra mim foi super comum, no entanto estranhei. A amizade é o foco para se ter um bom aprendizado pelo livro.

A escola existia para treinar os alunos para abater seres extraplanares, tipo vampiros, demônios, espíritos do mal, essas coisas, os alunos vinham da sociedade, desde um acordo com o governador e o Vaticano, foi decidido que parte das crianças seriam doadas para à escola, e isso era um bem comum, para preservar a vida na Terra. 

"Cerberus" é narrado em terceira pessoa, às vezes dava a ideia de estar sendo na 1ª pessoa, mas só ideia, o autor usou muito bem as palavras. Soube demonstrar domínio do que estava falando, ao mesmo tempo, com seu vocabulário suscinto, encontrei poucos erros de pontuação e ortografia, que ao contrário de muitos outros nacionais (não desmerecendo e sim criticando), esse estava tão mais caprichado e bem mais conciso.

É um livro que super recomendo, adorei muito, principalmente o fim, de uma temática que adoro, e com toda certeza agradará qualquer idade, já que se trata de aventura e quando se trata de aventura a única coisa que podemos fazer é fazer parte dela. Nota mil para o autor brasileiro, espero ansioso pela continuação!

Aonde comprar e mais informações sobre o livro e o autor: http://www.seriecerberus.com.br/site
PARTICIPE DA PROMOÇÃO AQUI: http://kingo.to/YxO


19 Comentaram:

  1. Oi, Rafa!

    Eu consegui parceria com o Leonardo também, to com o livro na minha fila de leitura *--*
    Tenho que dizer que a sua resenha me animou MUITO para ler o livro, mas do jeito como as coisas andam por aqui só mesmo para março :s eu AMO livros nacionais, embora eu ultimamente não esteja lendo muitos, espero que o Leonardo consiga superar essa barreira do preconceito que envolve as obras dos autores brasileiros e que ele faça muito sucesso!Ótima resenha!
    Abraços,

    Gabriel M. Souza
    World of Carol Espilotro

    ResponderExcluir
  2. Oieeeee
    Estou na mesma situação que o Gabriel....hehehe Está na minha fila de leitura.... Mas estou super ansiosa para lê-lo.... Sem contar que o site do autor é lindo... *-*
    Adorei a resenha.... Parabéns.....

    Beijos....
    Luciana de Araújo - Relíquias da Luciana
    http://www.lyluciana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Rafa,

    Não conhecia o autor e tampouco seu livro, indo conferir a dica agorinha ;)

    Abraços!

    http://www.viajenaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Estou no booktour desse livro, ansiosa para ler! Boa resenha Rafa, zero spoiler! bjos
    Dana
    www.feedyourhead.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai adorar o livro Dana, com certeza!!! Boa leitura!

      Excluir
  5. Não conhecia o livro e nem o autor, mas gostei de tudo o que li. Vou procurar saber mais a respeito do livro. 
    Ah, aqui na minha cidade há uma locadora com o nome Cerberus. Tudo bem que tal nome tenha vários significados, mas não deixa de ser curioso. rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi que você marcou como ler lá no twitter... Calma isso não é um recado do Skoob! E vi que se interessou... Tá parei...
      É bom, mesmo cheio de aventura... E eu pesquisei esse nome Cerberus, e vi cada coisa sem nexo, então acho que o autor criou com uma fantasia muito boa, eu achei curioso, tanto que pesquisei... haha
      See ya Geh!

      Excluir
  6. Ae Leo!

    Parabéns velho!

    ResponderExcluir
  7. Gente, que livro é este Cerberus, hein!?!?!? O___________O

    E a abertura no site do Leonardo?? CARAMBA!!!

    Eu inventei de clicar no site dele antes de ler a resenha e juro, JÁ FIQUEI MALUCA PARA LER O LIVRO, sem saber de mais nada!!

    E agora que li a resenha... OH God... eu PRECISO ter este livro!! PRECISOOOOOO... deu para sentir o drama??

    Eu ainda não li o livro, Rafa, mas sei lá, pelos aspectos que ele apresenta, eu não o compararia com o Acampamento de Nascida à Meia Noite... eu o achei muito muito bobinho - digo, este livro.

    No meu jeito de ver o livro do Leo por suas palavras, na resenha, Cerberus tem aspectos que eu ADOREI em Cidade das Trevas, do Pedro S. Eckman, outro autor nacional e que escreve terror - desta forma, acredito que vou ADORAR Cerberus também!!!! *_________*

    Sério, tudo tá atiçando de jeito para ter este livro - da capa à sinopse, passando por sua resenha e o título: Cerberus!

    Phantástico!!!! \o/\o/\o/

    Ai, Céus... Mal posso esperar para ter a tríade: Cidade das Trevas (Pedro S. Eckman), Leia-me (Rodolpho P. Wraider) e Cerberus, do Leo!

    Os dois primeiros são absolutamente ótimos! Quero o Cerberus para poder conferir ele também!!!

    *____________________*

    Abraços, Rafael o/

    Illyana HimuraWakai
    illyana.himura@gmail.com
    @IllychanHimuraW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Illyana, quando comparei com o outro livro, só foi por uma cena, não englobando tudo. Mas fiquei super feliz que tenha gostado da temática do Leo, eu também adorei! Boa sorte lá na promoção. Beijos!

      Excluir
  8. uahsuha nada a ver comigo né? Mas gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rafa,
    Gostei da resenha e quando li a sinopse já tinha ficado interessada, porém suas palavras só me deixaram mais curiosas pelo livro....e claro não vou perder a promoção. Esse deve ser um dos poucos livros da Novo Século que foram mais revisados porque o pessoal tem reclamado bastante da revisão de outros livros.

    Beijokas elis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha querida! Vamos torcer para os livros não mais sair com tantos erros assim.

      Excluir
  10. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir