Resenha - Feliz aniversário, querida estranha - Tatiana Busto Garcia

escrito por Rafael Fernandes

Feliz aniversário, querida estranha
Numa segunda-feira de extremo calor, em que todos esqueceram de seu aniversário, nada poderia ser mais tedioso para Sara que comparecer a uma sessão de terapia. Mas as coisas tomam rumo diferente quando ela testemunha um assalto e é trancada com outro refém, um jornalista bem mais velho que ela, no depósito de um edifício comercial. Confinada num espaço minúsculo com um desconhecido, é que Sara, ironicamente, enfrentará de verdade seus piores medos pela primeira vez. E aí, então, tudo vira de cabeça para baixo.
Feliz aniversário, querida estranha, conta uma história ou um dia da vida de Sara, mas um dia muito especial pra ela, é o aniversário dela de 17 anos. 
Contado em primeira pessoa, as palavras dela demonstra como foi tedioso esse momento e o quanto ela nunca mais esqueceria esse dia, nem que fosse um borrão em sua mente daqui a 40 anos.
Sara é jovem, nos auge dos seus 16 anos, é super sincera, viva e sempre dá a resposta que ninguém quer ouvir, a típica garota que adora ver as reações das pessoas, depois do que ela fala sem nenhum sentimento.
Eu comecei a ficar louco a cada página que eu lia, as vezes discordava do que ela falava, as vezes confirmava junto à ela, eu ficava imaginando como que autora tinha tanta facilidade pra criar aqueles títulos para livros a cada final de capítulos, tipo um intertexto do capítulo, eu gostei sim, me fez rir bastante em vários momentos, é um livro super divertido, mas acho que ela abusou das notas de títulos.
A parte que menos gostei:
"Por que você não escreve um blog?"; "Eu odeio pessoas que escrevem blogs, não gostaria nunca de me tornar uma delas. Aliás, eu não sei se odeio mais as pessoas que escrevem blogs ou as que leem blogs." página 71
Pasmei nesse momento, como assim?
A parte que mais gostei:
"Pois é... A vida de algumas pessoas cabe num parágrafo. Acho a minha cabe num guardanapo de bar e ainda sobra espaço pra ilustração." página 161
Nessa parte ela está conversando com Francisco (ainda desconhecido pra ela), um jovem desiludido da vida, que ela teve a sorte de ser assaltada e jogada numa sala junto com ele, passando uma tarde, preso, os dois, juntinhos, não ia dar nada certo.
O livro se baseia somente nessa cena (quase), parece que a vida de Sara, é tão medíocre quanto a do jornalista frustado Francisco, pois os dois trocam histórias e várias coisas idiotas, tá certo, falei demais... Francisco, é gente boa, trabalha normal, nem lembro direito como ele foi parar no depósito do prédio da terapeuta de Sara, incrível, mas sei que ele teve um romance frustado e que quer ser escritor!
Mas o legal do livro, é ler as comparações que Sara faz de tudo que ela vê, tipo os modos como os outros se vestem ou comem ou até o que elas ouvem, eu achei ela realmente esquisita e muito maluquinha, isso dá pra perceber desde o início do livro, infalível.
Enfim, esse livro realmente é pra se divertir, tem uns palavrões, mas como é juvenil, não tinha nenhum problema. É super recomendado pra quem adora essa temática, ou quer se sentir em um suspense pro fim, que no caso, me deixa angustiado pensando que não teria um fim que não me agradasse, mas as 2 páginas finais, foram as melhores pra mim de toda a leitura do livro. Nota máxima!


32 Comentaram:

  1. ah, o livro parece ser bem legal! Nunca tinha visto falar sobre, mas agora quero ler haha acho que vou gostar! Adorei a resenha! beijos Rafa :**

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa! :D
    Não conhecia esse livro, achei a capa e a estória bem legal. ^^
    Nossa, que tenso o primeiro quote. alguém nos odeia. Y.Y haha'
    Mas o segundo é lindo. 

    Bjuu' 
    april-1993.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Concordo em numero gênero e grau. O livro é muito bom mesmo. No fundo Sara aprendeu muitas coisas e Francisco não ficou atras. Para encurtar: O livro é um dos meus favoritos. Adorei sua resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Kaah! Mas ainda bem que não é a Tati, e sim a Sara, a maligna, mas eu gostei dela, ela tem um jeito que eu gostaria de ler, tipo ser sincera em tudo com boas palavras sinceras e inteligentes! Obrigado por comentar!

    ResponderExcluir
  5. Oi Tai, o livro realmente é bom, não cansa e é super animado, eu pensei que só iria ver tristeza de uma menina que passou o aniversário frustada, mas que nada, foi até descontraído! Super legal! Obrigado por comentar!

    ResponderExcluir
  6. Oi Márcia. Uau, tu já leu o livro. Que massa, ainda bem que tu concorda comigo, eu também adorei, e vi que assim como Sara, aprendi várias coisas, a dar valor na minha mãe e nos poucos amigos que tenho. Tornou-se também um dos meus favoritos! Obrigado por comentar querida!

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa, nao sei se compraria o livro pela capa e pelo titulo... mas gostei da sua resenha, talvez eu até leia. Como ela é má, odeia blogueiros kkkkk sera q ela ñ tem eh uma vontade enrustida de fazer um blog? kkkkkkkkkk bjos

    ResponderExcluir
  8. Credo! A capa do livro não transpassa nada do livro !Que por sinal deve ser maravilhoso. Achei bem interessante e a resenha está perfeita !

    ResponderExcluir
  9. Mas eu gostei da capa Mah, ela é meio bonitinha e jovem, mas é um bom livro! Enfim...

    ResponderExcluir
  10. Oi Dana, o título tem tudo a ver com o livro, quando mencionei que ela não gosta de nada sobre blogs, acho que no fundo no fundo, ela gostaria de ter um blog, ou pegou raiva alguma vez por causa do ex dela, enfim, ela adora escrever e por isso surgiu a pergunta... Enfim... Obrigado por comentar!

    ResponderExcluir
  11. na minha opinião, a capa mostra um lado juvenil. imagino a modelo fumando e olhando para as pessoas da rua. viajei, né? HUAHAUA

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca li nenhum aresenha desse livro e essa foi a primeira. Tem alguma coisa que me faz não querer lê-lo, mas aind anão sei o que é. Não gostei também da frase sobre os blogs. HUAHAU. Fiquei curiosa no diálogo entre o Francisco e a Sara, e se eles ficam juntos. :) Conserta o erro de português nessa parte: as 2 páginas finais, foi as melhores pra mim. Para: finais, foram as melhores. É, eu tneho nervoso quando vejo um erro de português. HUAHAU. É mania. :)
    Adorei a sua resenha!
    Beijos ;*

    Ana Carolina
    http://loucospor-livros.blogspot.com

    PS: Olha esse site aqui: http://migre.me/6eGYd. Ele tem vários fundos para blogs. Talvez você se interesse. :)

    ResponderExcluir
  13. Realmente ela é assim, não viajou nada, está certíssima, até parece que já leu a história... Inclusive ela fala dos malefícios do cigarro e toda a história dele. Entediante!

    ResponderExcluir
  14. Oi Carol, essa parte do blog dizendo que ela não gosta, tive que postar, é uma parte que não gostei muito, e me senti ofendido, né! Obrigado pela correção, muito obrigado mesmo! Eu sempre saio correndo pra escrever as resenhas e minha revisão fica pra depois que leio 10 vezes... Sorry! Se tiver mais erros, não exite, sempre pode falar, aqui é um blog, está sempre aberto a opiniões e blábláblá! Obrigado por comentar Carol! Espero que aprecie o livro como eu apreciei tão bem!

    ResponderExcluir
  15. Eu ri lendo o post!  Parabéns! auhuahsuashauhs  Sério, até a "divulgação" da parte que você não gosta ficou engraçado :D
    Tschüss

    ResponderExcluir
  16. Eu estava acompanhando sua leitura pelo skoob e esperando a resenha!!
    Valeu a pena!!
    Adorei!!!

    bjkassssss

    ResponderExcluir
  17. Que bom que você gostou Alê! Fico muito feliz... Obrigado por comentar!

    ResponderExcluir
  18. Olá Thiago, muito obrigado pelo elogio, fico feliz, não foi minha intenção, mas o livro em si, é nessa expectativa! Obrigado por comentar!

    ResponderExcluir
  19. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que achei-o interessante, até o momento que ela fala de blog, não gostei mesmo! Acho que se a Sara fosse uma pessoa real seria daquelas ignorantes e mal educadas que colocam "Não lerei seu blog, muito menos participei de alguma promoção que possa estar realizando nele" no Skoob. Acho que foi algo desnecessário de ser dito em um livro, mas tudo bem.


    Gostei da resenha, mas pelo motivo citado a cima, confesso que provavelmente nunca lerei esse livro.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Estava esperando por essa resenha. (:
    Gostei dessa capa, pela resenha acho que tem tudo a ver com o livro. Ah, All Star (pelo menos parece muito)... 
    Não gostei da parte sobre blogs. Me senti ofendida tbm. ._. 
    Mas gostei muito da segunda citação do livro. Essa garota parece ter um humor bem ácido ( I like it!).  É bom saber também que o final não é decepcionante. 
    Vou lê-lo! Assim que puder ($), é claro. rs

    (:

    ResponderExcluir
  21. Oi Geh, as vezes fico confuso se a capa tem alguma relação com o livro, mas tem sim... Ela é uma menina bem verdadeira, e como tu disses "de humor ácido", eu gostei também. É realmente muito bom, boa leitura ($)!

    ResponderExcluir
  22. Ela realmente nos ofendeu né Duh! Me lembrou de algumas pessoas mal-educadas no skoob, bem lembrado! Nem sei porquê citei isso, mas achei importante, a parte que menos gostei, né... Mas é um bom livro, e recomendo pra você! Vai que tu gosta do restante...

    ResponderExcluir
  23. Isso foi totalmente ofensivo e abusivo, mas fazer o que né? É a liberdade de expressão!


    Tipo, como não sabia desse livro, tem muitos outros que quero muito ler, só não sei como pois me falta tempo e $$ pra ler tudo o que eu quero, esse livro ficara com a tag de (maybe one day) se algum dia lê-lo te dito o que achei!

    ResponderExcluir
  24. Aione Simões Sérgio25 de novembro de 2011 19:31

    Oi Rafa!
    Eu não conhecia o livro, mas fiquei interessada, ele parece ser bem diferente!
    Ahh que lindo, você está lendo O Diário de Suzana Para Nicolas *.*
    Beijão!

    ResponderExcluir
  25. Mas espero que tu possa ler um dia... ^^
    Liberdade de expressão tem lá seus limites!

    ResponderExcluir
  26. Estou lendo esse livro sim Mih, estou adorando... É lindo, obrigado por comentar minha resenha! Esse livro, é realmente bom também!

    ResponderExcluir
  27. Eu não sei ainda se quero ler esse livro. HUAHAU. Acho esse comentário de blogs feio, porque levando para o lado da escritora, é uma das formas de divulgação do livro dela... enfim... HUAHAU
    já vi que mudou o fundo do blog. :) que bom que aceitou minha dica. fiquei com medo de você rejeitá-la e dizer para eu tomar conta da minha vida. HUAHAU.
    pode deixar. :)

    ResponderExcluir
  28. Imagina, comentários vindo de você sempre são bem vindos... Muito obrigado mesmo! Eu também não gostei dessa parte que a autora escreveu, mas no fundo acho que ela se parece um pouco com ela, eu acho!

    ResponderExcluir
  29. Terminei de ler esse livro mas ainda estou digerindo muitas coisas...
    Me assustou seriamente a minha semelhança interna com a Sara. Preciso repensar e muito alguns fatos...

    ResponderExcluir
  30. Tudo a ver a capa do livro com a história. Aliás a Sara, personagem principal, estava usando um All Star quando... Enfim...

    ResponderExcluir