Como resenhar

escrito por Rafael Fernandes

Recentemente recebi uma proposta pra responder uma pergunta, daí eu respondi, e a pessoa querida disse que eu poderia postar no blog, então, estou postando, espero que goste e fique a vontade pra discutir nos comentários.

“Ninguém escreve para si mesmo, a não ser um monstro de orgulho. A gente escreve pra ser amado, pra atrair, encantar, etc.” - Mário de Andrade
Como você resenha? 
Não tem segredo, é uma coisa simples, eu resumo a história, pego um pouco da essência dos personagens, dos lugares, das cenas e do conteúdo do livro, como diagramação, capa e ortografia, e recomendo para certos tipos de pessoas ou não. Arregaço a manga e solto meus verbos, afirmando se o livro é ou não bom, se vale a pena ser lido, ou descartado ou até mesmo jogado no lixo! Ler um livro pra resenhá-lo, não é ler de qualquer jeito, mas tem gente que assim, o faz. Não coloco tudo o que sinto na resenha sobre um livro, até porque cansa qualquer leitor ficar lendo esse tipo de coisa, coloco apenas aspectos importantes para o conteúdo da mesma.
Resenhar pra mim, é dar opinião breve sobre o que você leu, como eu adoro escrever, costumo deixar minhas resenhas grandes, sometimes no, mas pra quem adora ler, isso não é nenhum problema, já que muita gente dispensa comentar porque tem preguiça de ler o post inteiro e/ou lê pela metade e fala sobre o que achou nos comentários, nem que seja pra agradar o blogueiro por um instante ou qualquer outra pessoa. Um retorno pelo esforço do blogueiro é sempre bem vindo, e isso faz bem pra todos, já que estamos reciclando ideias e discutindo uma opinião, que no caso, estamos lendo e escrevendo, isso é ótimo.
Um blogueiro sem ninguém pra ouvir ou comentar, é o mesmo que dizer "oi" para o nada e ouvir só o eco. Enfim, se você for daqueles, como eu, que procura público, estamos empatados! Buscamos leitores, leitores apaixonados por ler, buscamos preencher as lacunas que faltam, os leitores omissos do Brasil, despertando assim o prazer da leitura, não só do ignorante, mas também daqueles que desconhecem o prazer da leitura.
Será que uma resenha poderia transformar um ignorante, daqueles que acham idiotas os que leem? Nós temos poder para isso, blogueiros e leitores, temos as palavras, nós podemos mudar o mundo, podemos criar novos horizontes, tá, eu exagerei. Olha só aonde fui parar com o título, me dado esses dias por e-mail, no qual achei super interessante, como eu resenho, como minha resenha chega até meus leitores, esse tema é muito complexo.
Fico me perguntando e aos blogueiros amigos? Como faço para mudar a vida deles através de minhas palavras ou minhas opiniões sobre livros, o que isso afeta em vocês?
Acho que você deve estar se perguntando se sou idiota, eu sei, pode pensar! Mas o meu pensamento, está na ordem, eu resenho pra ser lido e pra ser comentado, everybody do it, nem que seja no íntimo da pessoa, nem que seja no Disqus da mente ignorante!
Resenhar é fácil, quero ver é escrever com classe!
Se gostou do texto, critique!


26 Comentaram:

  1. Júlio César Cristaule de Jesus29 de novembro de 2011 09:00

    Concordo com você! Todo mundo escreve com o intuito de ser lido e comentários são sempre bem vindos.

    Assim como o cuidado que devemos ter ao ler um livro que iremos resenhar futuramente. Afinal a nossa opinião pode influenciar na decisão de outras pessoas.Bom texto!
    ;D

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Júlio, querido! Então concordas comigo?
    Sim, temos que ter cuidado com o que falamos aqui, porque tudo é levado em consideração! Isso mesmo, opiniões a parte, elas influenciam de uma maneira não ativa, mas passiva, mas da mesma forma é bom opinar! Thanks!

    ResponderExcluir
  3. Lido texto... e eu como estou sem tempo só deus sabe quando farei ... rs 

    ResponderExcluir
  4. Eu li tudo,assim como leio suas MARAVILHOSAS resenhas...kkkk.Pois como vc mesmo disse, qualquer um pode escrever,mas resenhar com qualidade,fazer com que um "ignorante" passe a apreciar a leitura,permitir com que o indivíduo torne-se cada vez mais crítico ao ler resenhas ou qualquer outro conteúdo literário...realmente não é pra qualquer um...
    Ainda bem que existe vc para nos salvar!!
    Bjs..não é à toa que eu amo esse blog! Sempre com postagens ótimas e resenhas maravilhosas!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  5. Oi Zilda, me emocionei com seu comentário! Muito lindo! Obrigado pelas partes dos elogios, seu blog também é o máximo, sempre com novidades fresquinhas e muito bem comentado! Ainda bem que existe você pra me salvar também, sempre comentando minhas palavras! Beijos, te adoro, você e seu blog mara!

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafael..
    Concordo em tudo o que disse.. As vezes as resenhas são grandes, mas quando a pessoa tem realmente o interesse em conhecer certo livro ou mesmo, compartilhar ou conhecer o que aquela pessoa achou, o tamanho pouco importa, além do mais mesmo que ela seja enorme, porém interessante, isso torna a leitura mais cativante. Teve livros que anseio ler, simplesmente pelas ótimas resenhas que vejo. Porém as vezes o medo de por spoiler deixa as pessoas receosas com o que devem por na resenha e mais, tem pessoas generalizando o sentido de spoiler, as vezes até uma informação que não revela quase nada, as pessoas fazem um auê rs..Claro que devem ser evitados, pois é muito chato acabar com a surpresa de alguém. Todos nós gostamos de saber o que a pessoa achou da resenha ou do livro, o retorno como vc disse, é importante. E como diz o ditado, nem sempre o que importa é a quantidade e sim a qualidade, pois acredito que é mais válido 5 comentários que demonstrem interesse, opinião real, do que 10 que sejam superficiais..claro que sempre todos são bem vindos. Como as vezes o tempo não ajuda, acabamos fazendo breves comentários, enfim.. Acho que me empolguei um pouco rs, acontece rs

    Acho que não comentei, adorei o novo layout ^^

    Bjs :D

    ResponderExcluir
  7. Gil, adorei sua empolgação, tava adorando ler seu comentário! O layout realmente está lindo... ♥
    Concordo com você, comentários são bem vindos, mas tem gente que gosta de deixar quando um auê nos blogs alheios, tipo, "adorei a resenha", bem clichê! Por isso, a partir de agora, não colocarei isso mais em nenhum comentário meu... Legal, tu dizer que comentários e resenhas tem suas qualidades, pensando pelo seu lado, a qualidade é que faz do blogueiro feliz e seus leitores! Muito obrigado!
    P.S.: Não gosto de ler spoilers, mas costumo sempre ler e nunca me desanima se quero realmente ler um livro, se gosto mesmo de um livro, não haverá nenhum spoiler que poderá estragar minha leitura desejada! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa Rafa, acho que temos o mesmo pensamento sobre esse tema. Eu amo resenhar os livros que leio. Gosto de discutir sobre certo livro. Gosto de ler a opinião de todos que o já leram, o querem ler (ou não querem), etc. E quando não comentam nas minhas resenhas, é como se estivesse realmente falando sozinho. Mas, por incrível que pareça, mesmo quando os comentários são escassos, eu não me canso de resenhar. Acho que é uma paixão minha. Amei o seu texto, de verdade. 

    ResponderExcluir
  9. Oi Bruno, bem legal seu comentário, realmente fico triste quando não há comentários nas resenhas, se apenas só um comentário bem qualificado estiver lá, estaria satisfeito, porque o objetivo central de resenhar é ser lido e transbordar opiniões ao mundo, a fim de que possamos mudar alguma coisa {pra melhor}, não podemos só resenhar e ficar nessa, temos que buscar novos olhares e novas perspectivas! Obrigado pela visita! ^^

    ResponderExcluir
  10. Aione Simões Sérgio29 de novembro de 2011 18:01

    Oi Rafa!

    Penso e não penso como você ^^Concordo completamente que a palavra tem a capacidade de mudar visões e opiniões, e que a leitura para uma resenha não pode ser feita de qualquer jeito. Hoje, mesmo que eu não faça a resenha de um livro, eu o leio com outros olhos, não buscando alguma coisa, mas atenta ao que possa me aparecer.A parte que eu discordo, um pouco, é sobre a resenha em si.Eu acho que a resenha não é uma breve opinião do livro, e sim a opinião sobre o livro. Normalmente nunca leio a parte que conta a história porque isso não me interessa, a história vai ser a mesma independente de quantas resenhas eu  leia e, normalmente, eu leio livros sem nem ler a sinopse porque gosto de não saber o que me espera.Então, pelo menos eu, resenho quase que sem comentar da história em si, mas falando em como o livro me afetou, o que me fez refletir, o que pude perceber dele. Mesmo que eu não goste, também não costumo dizer se vale ou não a pena ser lido, porque acho que isso é muito pessoal, algo que me desagradou pode agradar a outro. Porém, se gosto muito do livro, ressalto a indicação. Em resumo, procuro mostrar o que achei de positivo e o que achei de negativo do livro, mostrando também o impacto que ele teve em mim. E ai fica a critério de quem ler a resenha decidir se quer ou não ler o livro!Gostei do post, gosto dessa interação blogueiro/leitor!Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Não discordo de você, Mi! Sometimes me sinto obrigado a comentar em resenhas que não gosto, mas prefiro dar uma opinião verdadeira sobre o livro, como tu disses! Falando do jeito que tu falou parece que resenhar é bem fácil, mas é mesmo, é dar opinião rápida sobre o livro e também indicar para certas pessoas, e cabe ao leitor se quer ler ou não o livro! Interessante, pensando pelo seu lado, também está certíssima! 

    ResponderExcluir
  12. Acho que a resenha é um dos veículos mais importantes, hoje em dia, para divulgação da literatura. Principalmente entre os jovens, já que há esse boom literário entre o pessoal mais jovem. 

    Infelizmente, não é qualquer um que nasceu para ser resenhista, viu? Pq o que vejo de coisa bizarra por aí... Fico de cara quando entro em um blog e vejo uma resenha de 2, 3 frases no máximo.
    Gostei sim do texto, Rafa!

    Bjs,Kelwww.itcultura.com

    ResponderExcluir
  13. Tive o prazer de ler esse texto em primeira mão, mas agora lendo pela segunda vez, sinto como se o tivesse lendo pela primeira vez.

    Acho que você conseguiu passar um pensamento de clareza, tipo:

    -Ah é assim que se faz uma resenha! 

    Toda vez que for tentar resenhar alguma coisa, vou usar o seu texto como base, pois tenho certeza de que assim não terei como errar.

    Concordo que ninguém escreve pra si próprio, pois aprender e ensinar é uma das grandes virtudes da humanidade, e é compartilhando pensamentos e dividindo opiniões que impomos nossa presença e opinião ao mundo.

    Mais uma vez parabéns pelo texto, que na minha opinião é grandioso e sútil ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir
  14. Oi Kel, lindo seu comentário! Sim, resenhar não é pra qualquer um, "tem que ter o dom", como eu digo aqui na minha cidade! Ler resenhas pra mim é como ler uma opinião difusa, mas sem intrometer na opinião futura do leitor, é assim que gosto e adoro escrever e falar e comentar e debater, essas coisas de fanático por letras e cheiros de livros novos e velhos. Muito obrigado por comentar, fiquei super feliz com sua visita e seu comentário! ♥ Beijos Kel e manda beijos também pra May sumida, que veio aqui ontem me visitar!

    ResponderExcluir
  15. Quando diz que um spoiler não estraga a vontade, sei como é, eu fui em um evento uma vez e o grupo que eu estava tava falando sobre os livros da série Pretty little liars, ai falaram da série, e falaram quem era a "A", tá que eu já suspeitava mesmo sem ter assistido a série, sem ler os livro, mas isso não vai me impedir de ler e ver a série rs..

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Eu, que não tenho blog literário,  sei que é muito difícil escrever resenhas. Digo isso porque já tentei tal feito e não saiu algo "legal". Então, leio algumas resenhas tão, como vamos dizer... Expressivas, e penso comigo mesma: Como conseguem? Talvez seja um dom mesmo. Assim como há quem escreva bons contos e péssimos poemas (Eu!), ou vice-versa. 
    A resenha influência sim, e muito, na leitura de um livro. Pelo menos para quem não sabe separar as coisas. Tudo bem que resenha é a opinião do blogueiro e tudo o mais, mas dizer que um livro é lixo e que não merece ser lido é outra coisa. Eu acho! Sem contar que, às vezes, misturam sua vida pessoal, que poderá não estar passando por bons momentos enquanto lia o livro e quando vão escrever a resenha não se ligam nesse fato. 
    Ah, quanto ao tamanho de resenha, não vejo problema nenhum, desde que o blogueiro (a) tenha consciência que não é o único blog acompanhado pelo leitor. E não, nem é preguiça de ler, pelo menos não da minha parte, é que às vezes confundem resumos com resenhas. Isso para quem não tem tempo, grande maioria, é a gota d'água e acabam por não ler a resenha, e comentar qualquer coisa. Até o momento não tive esse problema, pois simplesmente passei a acompanhar apenas os blogs que me interessam. Pois, como blogueira, sei que é muito mais válido um comentário verdadeiro do que algo genérico como um "Gostei!", que muitos pensam ser moeda de troca na blogosfera, esperando que o outro vá em seu blog, deixe a visita nas estatísticas e um comentário do mesmo gênero. 
    Quanto a questão de transformar os ignorantes, sou cética a esse respeito. Por que? Talvez não queiram se igualar aos "idiotas que leem". Conheço pessoas assim, infelizmente. Resenha não é fácil, mas escrever com classe é essencial!  
    Acho que extrapolei em meu comentário. Ou não.
    Anyway, minha opinião. 

    (:

    ResponderExcluir
  17. Oi Rafa! Assim como você concordo que uma leitura que vai render uma resenha tem que ser especial; só não concordo sobre a parte de "opinião breve" pelo menos para mim, uma resenha é sobre todos os sentimentos e sensações que o livro causou em mim, os lugares para onde ele me levou, a diferença que quele livro fez para mim.
    Gostei bastante do texto!

    Beijooos

    Cabelos ao Vento

    ResponderExcluir
  18. pedrohenrique_almada30 de novembro de 2011 15:09

    Na verdade, um resenhista tem um poder que, às vezes, desconhece. especialmente se é blogueiro de um espaço tão frequentado por leitores. Um resenhista tem a capacidade de brincar com a imagem de uma obra. Ele pode fazê-la reluzir mais do que realmente é, ou pode ofuscar a beleza da obra. Fazer uma resenha envolve muito mais do que simplesmente escrever o que leu. A opinião deve ser medida, e justa! Porque o que escrevemos pode influenciar o pensamento de outras pessoas e, se disseminamos uma ideia ruim, acabamos prejudicando o trabalho de alguém.
    É verdade, é preciso ter, antes, classe. Para criticar ou para resenhar. Na verdade, em qualquer coisa que for fazer na vida, tem que ser com classe.

    Olha, Rafael. Esse é um problema que enfrentamos. Leitores.
    Poucos lêem as resenhas, e dos que lêem, metade comenta. É claro que isso não vai provocar desânimos no resenhista, especialmente se há um comprometimento com a editora que fornece os livros. Mas quando um leitor comenta com interesse, mesmo que criticando (eu sonho com um comentário assim!), o desejo de escrever aumenta! É como uma fogueira. Quanto mais toras de madeira, mais forte ficam as chamas. E mais calor ela irradia... A metáfora foi capenga e de dar dó rsrs, mas é mais ou menos por aí! xD

    grande abraço!


    Pedro Almada
    @Pedro_Almada
    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Isso que dá raiva né, Gil! Mas isso acontece, eu também fiquei sabendo disso através de um spoiler, mas pra mim não foi tão horrível saber, mas tem gente que não gosta! Ok! Obrigado por responder!

    ResponderExcluir
  20. Oi Camilinha... Essa opinião breve, engloba tudo o que você disse, além do mais, em sua ênfase deu a entender que as resenhas são dessa maneira mesmo, também retrato o que o livro trouxe de bom pra mim e tals, legal pelo seu ponto de vista! Obrigado!

    ResponderExcluir
  21. Dom? Eu também pensei nisso também, mas eu amo escrever, talvez isso ajude também! Seus poemas são lindas, não descarte-os! É, acho que falou muito alto! Nenhum livro merece ser jogado fora por pior que seja ele!
    Essa troca de "visitas", acho fundamental, porque as ideias vão se difundindo e acho isso muito bom pra todos. 
    Concordo com você sobre ignorantes, se eles o são, com certeza não perderão tempo lendo nossas resenhas e afins! Pra mim resenhar é fácil, pra outros talvez não seja, até porque já disse que amo escrever, por isso seja fácil! Seu comentário ficou lindo, bem explorado! ^^ Obrigado!

    ResponderExcluir
  22. Obrigado Duh, foi um dos poucos que concordou inteiramente comigo! Suas ideias também sempre são majestosas! E obrigado também pelo carinho! ^^ 
    Ainda bem que meu texto não vai ficar aqui só pra pesquisa, estarei ajudando você a resenhar, já ganhei meu dia por hoje! o/
    Thanks a lot!

    ResponderExcluir
  23. Adorei seu comentário, olhando pela sua vista, sim, as resenhas tem grande impacto nas opiniões adjacentes, portanto, não me deixo levar tanto pela opinião alheia, alguns sim, outros não! É bom, confesso que sim, ver sua resenha bem comentada, blá! E também sonho com esse seu comentário dito, talvez um dia exista ou não! Porém, nós somos o futuro de amanhã, então temos que escrever para mudar o amanhã para melhor, nem que seja um pouquinho! Obrigado pela sua linda opinião! Abraços!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Rafa!

    Concordo parcialmente com o que você disse. No que diz a respeito de "resenhar é fácil", bom... isso já não é taanto assim, mas isso você já respondeu no seu texto.É difícil a vida de blogueiro, você tem que ler com atenção, com a mente focada na leitura, formar sua opinião e transmiti-la através de palavras e é frustrante porque nem sempre podemos falar o que queremos, não é?
    E hm, concordo com alguns comentários que postaram aí... Temos um poder de influência como blogueiros, mesmo que pequeno se comparados a outras fontes, por isso precisamos ter cuidado com o que falamos e pensar no melhor jeito de nos expressar sem que haja ambiguidades em nossas resenhas e colocar nelas o melhor que pudermos, mas enfim...
    De resto concordo totalmente com você, seu post ficou maravilhoso! Parabéns!!
    E, hm, não, não penso que você é idiota, porque eu também penso assim... rsrs
    Abraços.

    --
    Gabriel M. Souza
    World of Carol Espilotro

    ResponderExcluir
  25. Legal, tu concordar comigo Gabriel, não é fácil mesmo vida de blogueiro, mas fazer o que né, eu adoro essa vida! Escrever, ler, tuitar, falar, essas coisas que artistas como nós, adoramos...

    ResponderExcluir