Resenha - Anjo Negro - Mallerey Cálgara

escrito por Rafael Fernandes

Na antiga Londres do Séc. XVII rondava um boato que as ruas noturnas eram tomadas por seres devoradores de almas, os Parasitas, e que os Potestades tinham o dever de colher essas almas e encaminhá-las para o descanso. Para cada dez mil almas recolhidas uma era resgatada do Umbral. Poucas pessoas conseguiam ver esses seres, apenas aquelas que possuíam um poder espiritual altíssimo e, dentre elas, estava alguém que teve a sua humilde vida transformada, quando não acreditou nos boatos e passou a circular à noite nas ruas da cidade.
"Anjo Negro" é um livro bom. Mas no entanto me deixou super cansado e as vezes perdido no meio da história. Mas, eu gostei da história, só não gostei foi mesmo da coordenação com que ela ia se levando.
Quando iniciei a leitura, tomei por objetivo querer saber logo como seria a vida de Darian pra poder conseguir as 10 mil almas na caixinha, foi até angustiante ter que esperar tudo isso, por só duas páginas de grande emoção no fim, eu queria mais.
Sou sincero, no que diz respeito a erros de português e concordância o livro está cheio, mas acho que isso não alterou em nada sobre como e tanto que eu gostei do livro. Porque ao mesmo tempo a leitura é fácil e é um livro pra se ler de uma tacada só, acho que foi por isso que me perdi, pois dia eu lia um pedaço, outro mais outro pedaço.
Quando comecei a descobrir Darian, não consigo descrevê-lo, mas ao mesmo tempo, sei que ele é muito corajoso e ousado, mas fiquei perdido imaginando se ele era uma criança ainda ou se era um homem de 20 e poucos anos... Apesar disso, ele que guiava a história em primeira pessoa, demonstrando seus sentimentos quando os demônios possuíam as almas perdidas, e era ele quem os expulsava. 
Entra a personagem Hadji, seu anjo-da-guarda, ela é linda, vive brilhando e emanando luz, que nem os demônios conseguiam ficar perto, ela se intromete na história por um capítulo, acho que foi nisso que me perdi na história e o fim da meada. Consegui descobrir isso, mas acho que deu certo para entender tudo. 
Por fim, o livro é bom, mas me cansou, se caso se interessou pela história recomendo que leia no mesmo dia, já que a história tende a deixar o leitor perdido, não que você também fiquei, mas eu fiquei, talvez com você seja diferente. Mas comigo foi assim.
Eu já tinha conhecimentos do que seria "Anjo Negro", então pra mim tudo fazia sentido, mas não acreditei em algumas coisas, a autora soube usar seus conhecimentos no livro, ela usou vários recursos como a criatividade para o sobrenatural para me assustar, em certo ponto deu certo, mas por lado me entusiasmei dentro do inferno congelado, bem inusitado. Parabéns querida, pelo livro, eu adorei.
Agradeço a querida autora por ter me enviado o livro "Anjo Negro", eu confesso que amei a capa e adorei a diagramação, fácil de ler inclusive, se caso houver continuação da história quero ser um dos primeiros a poder ler. Recomendo àqueles que ainda não sabem o que é um "Anjo Negro", e que queiram passar uma tarde no sobrenatural de um fim de semana.


18 Comentaram:

  1. Eu também fiquei muito perdida durante a leitura e concordo quanto a não saber a idade de Darian.. ATé esqueci de mencionar isso na minha resenha, mas senti falta da descrições dos personagens.

    Ótima resenha ;D

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Rafa! Estou ansiosa para ler Anjo Negro. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Resenha leal rafa... Acho que nem sempre os personaens precisam de tanta descrição pois a história os caracterizam e imagina se nesse tivesse tido ? Acho que a narrativa teria sido bem mais lenta... e acredita que eu nem me liguei nos erros kkk

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa!
    Eu quero bastante ler o livro, mas você não é o primeiro que vejo dizer que ficou confuso. Vou me lembrar de tentar ler em um só dia!
    Parabéns pela sinceridade!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o livro!
    Mas, próxima semana já vou acompanhar a vida de Darian.
    E volto para compararmos idéias ^^
    Abs,

    ResponderExcluir
  6. Marcelo, mesmo assim eu gosto de história com descrições que tenham bastante embasamento e que me faça imaginar ir além... Eu imaginei o Darian como seria, mas não vinha nada...

    ResponderExcluir
  7. Adorei o que escreveu, tem que falar mesmo kk
    Eu ja tinha lido sobre o livro e eu gosto da capa dele, sei lá kk
    Beijos! Apesar de tudo que ler ele ainda :*

    ResponderExcluir
  8. Eu queria falar bem do livro Si, juro que tentei, achei todos os benefícios do livro e coloquei aí, depois não tinha mais nada pra colocar, tive que colocar o que não gostei, mas no entanto o livro é bom, e nunca poderia ser dispensado por um leitor voraz como eu. ^^

    ResponderExcluir
  9. Sim Web Teen, eu adorei a capa também! O livro é realmente uma aventura no sentido de Daria ter que conseguir as dez mil almas para o propósito de amenizar a dor de sua mãe no inferno. Como ele mesmo disse: "Todos somos culpados por nossos próprios erros", ninguém nos obriga a nada. E acho que ele só foi pensar melhor no fim...

    ResponderExcluir
  10. Ah, eu estava tão ansiosa para ler esse livro, agora... Bom, ainda vou lê-lo (espero!), mesmo com esses aspectos negativos. rs
    Tudo o que tem relação com anjos é do meu interesse. Além do que eu fiquei curiosa sobre esse "inferno congelado".
    (:

    ResponderExcluir
  11. Tô com ele aqui, lindo e loiro pra ler, rs.
    Adorei a resenha, querido!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  12. Oi Rafa, adorei a resenha, e este livro é um dos primeiros da minha wishlist *--*

    beijos ;*

    ResponderExcluir
  13. Sem Spoiler, Ê!!!!!!! Haha!
    Estou com o livro para ler aqui, por isso quase não leio resenhas dele...
    Que resenha boa, hein? Apesar de você ter avaliado o livro como "bom" e julgado cansativo, estou louco para tirar minhas próprias conclusões, afinal, eu adoroooooooooo anjos caídos e acho que vou gostar do livro.
    Abraço! :)

    ResponderExcluir
  14. Hm, eu jurava que já tinha comentado nessa resenha oO Mas ok rs

    Estou super afim de ler esse livro, já vi algumas resenhas sobre ele e tem me interessado. Concordo que erros são bem chatos, mas acontece nas melhores famílias rs. Se editoras famosas publicam livros cheios de erros (já vi vários), acabo dando um desconto pra uma publicação nacional ;)

    Espero que eu não me canse com a leitura =D Ótima resenha, Rafa!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  15. Sim lucas, tomara que goste e aprecie assim como eu, boa leitura.
    Valeu Kel, erros tem em todo canto, eu também erro nos erros na resenha, mas fazer o quê, não somos perfeitos. ^^

    ResponderExcluir
  16. a história parece ter um ótimo tema central, mas não tenho muita certeza se leria..
    aai uma das coisas que mais me irritam é não saber idade do personagem --'
    beijoo Rafa!

    Cabelos ao Vento

    ResponderExcluir
  17. Achei a resenha interessante e me deu uma noção bem clara do livro. Eu recebi a indicação dele, mas ainda estava indecisa...mas pelo que vc descreveu entende-se que o livro fica melhor sendo lido de uma vez só.
    Esses erros de concordância e grafia eu acho que são culpa da editora. Não entendo como podem deixar passar tanta coisa. Tradução e Revisão de livros deveria ser algo impecável em qualquer editora.

    Bjss,
    Annie
    Resenhista

    @annielus
    http://www.skoob.com.br/perfil/annielus
    http://emporiodoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Comigo o livro foi assim também... A história é boa, mas acaba sendo conduzida de maneira que nos perdemos. Varia muito entre as narrativas de primeira e terceira pessoa e me perdi bastante. Porém, mesmo assim, fiquei com vontade de ler uma continuação, pois fiquei decepcionada com o fim e parece que faltaram muitos esclarecimentos.
    Quando aos erros, percebi rapidamente, também... Mas infelizmente é a falta de revisão nas editoras.

    ResponderExcluir