Resenha - Presságio - Leonardo Barros

escrito por Rafael Fernandes

Título: Presságio
Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século
Páginas: 224
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse
Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página.

Resenha:
Número 69, quarto branco, os sentimentos mais prazerosos que possam existir, instrumentos que nenhuma intimidade é capaz de alegar normalidade... 

Alice é uma jovem de 26 anos, desde pequena atormentada por presságios (visões do futuro e passado), ela sabia que isso era considerado loucura, por isso guardou isso para si, não queria que seus pais e amigos soubessem desse dom, até que em uma de suas visões (eróticas) ocorreu ver um assassinato de uma freira, bem não um “freira”, ela estava fantasiada, era Vívian, sua ex-amiga. Mas o que intrigou Alice a contar ao delegado Matias foi saber que o suspeito, um menino magrelo não se parece com nada com o brutamonte de sua visão.

Com uma pitada de safadeza a la “Cinquenta Tons de Cinza”, mistério e suspense, Leonardo Barros nos apresenta um romance policial que vai além das nossas expectativas, me senti totalmente alucinado durante toda a leitura, impossível deixar a história de lado sem acabar tudo de uma vez.

O autor escreve em 3ª pessoa, nos fazendo enxergar Alice em suas várias facetas. Ela é amiga, doida?, tem poder sobrenatural, se entrega fácil demais, investiga demais, fala demais... Bom, se tem uma coisa que Alice não consegue fazer é ficar parada vendo suas visões se concretizarem e não fazer nada para ajudar quem precisa. A história se desenrola com a busca do responsável pelos assassinatos de Vívian e da Freira Bianca. O delegado Matias é o responsável pela investigação, contando também com o apoio do agente Felipe e outros personagens... 

Eu sabia que Alice estava tendo um presságio pelo simples fato do autor atentar em deixar o texto em itálico, achei isso formidável e atencioso para me situar na história.

A intercalação de cenas “Investigação da Polícia versus Vida de Alice” me fez endoidecer, porque sempre na última frase ficava o suspense, o ápice, era como acabar na melhor parte, mas em seguida o autor compensava, porque eu sabia que iria ficar melhor com o próximo capítulo.

Personagens secundários que amei foi a linda Geo (Geórgia), a melhor amiga de Alice, ambas moram juntas, se divertem juntas e conseguem conviver em uma harmonia que é de dar inveja e Geo é o tipo de amiga que todo mundo adoraria ter, por isso eu a adorei.

Fiquei intrigado com o final do livro, sim, eu gostei bastante, mas acho que deixou muita ansiedade para com o leitor, tudo nos leva crer que terá continuação. Agora me resta torcer bastante.

Em suma, o livro é maravilhoso, pra quem gosta do gênero ou já leu algo do autor vai adorar também, por se tratar de um mistério o leitor vai querer devorar o mesmo de uma só vez. Livro indicado para todos, impossível não se encantar a escrita de fácil acesso do autor.


5 Comentaram:

  1. Adorei a resenha, já visto a sinopse e gostado do livro, mas você ressaltou umas coisas que me deixaram mais curiosa, como a presença de um pouco de erotismo numa investigação policial. Deve ser bem interessante mesmo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha. *-*
    Estou para receber o livro, espero gostar também. :D
    Adoro livros policiais. /o/
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rafael!
    Adorei sua resenha e a creio que vc ficou sem fôlego com a leitura do livro rs Gostei, parece ser o tipo de leitura fluida e bem escrita, com um suspense tangivel. Quero muito ler, só falta um preço camarada numa promo hehe
    Abraços
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa!

    Nunca li nada do autor, mas essa é a segunda resenha positiva que vejo desse livro. Já fiquei curiosa.
    Esses finais que deixam a gente maluco de curiosidade é pra matar né? rsrs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa

    Gostei muito da resenha nunca tinha lido a sinopse ou resenha por preguiça resolvi ler a sua e vi que era tudo diferente do que eu imginava por causa do titulo acho que vale a pena investir nessa livro!

    ResponderExcluir