Resenha - Um Olhar de Amor - Bella Andre

escrito por Rafael Fernandes

Título: Um Olhar de Amor
Autor: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 3 de 5

Sinopse
Chloe Peterson está tendo uma noite ruim. Uma noite realmente ruim. O machucado grande em sua bochecha pode provar isso. E quando seu carro patina para fora da estrada molhada em direção a uma vala, ela está convencida de que até o cara maravilhoso que a salvou do meio da tempestade deve ser muito bom para ser verdade. Ou ele é mesmo? Por ser um fotógrafo de sucesso que viaja frequentemente pelo mundo, Chase Sullivan tem seu jeito com mulheres bonitas, e quando ele está em casa, em São Francisco, um de seus sete irmãos normalmente está acordado para começar um pouco de diversão. Chase acha que sua vida é ótima do jeito que está — até a noite que encontra Chloe e seu carro destruído na rodovia Napa Valley. Não apenas nunca tinha conhecido alguém tão adorável, por dentro e por fora, mas como também percebe que ela tem problemas maiores do que seu carro batido. Logo, ele será capaz de mover montanhas por amor — e proteção — a ela, mas ela deixará? Chloe prometeu nunca cometer o erro de confiar em um homem novamente. Mas a cada olhar que Chase lança a ela — e a cada carinho doce e pecaminoso — conforme a atração entre eles sai faísca e esquenta, ela não pode fazer nada a não ser se perguntar se encontrou a única exceção. E apesar de Chase não perceber que sua vida mudaria para sempre em um instante, para melhor, ele não é o único a querer lutar por essa mudança. Ao contrário, ele está se preparando para uma luta... Pelo coração de Chloe.

Resenha:
Um Olhar de Amor é um livro erótico, hoje em dia seguindo em alta tendência ao sadomasoquismo, este não exibe vulgaridade, tem uma linguagem leve e nada tão evidente, mas sobremaneira sexy e excitante.

O livro conta a história de Chase Sullivan e Chloe Peterson, eles se conhecem no meio de uma tempestade, ela acabara de sofrer um acidente, seu rosto demonstrava uma cor roxa, e ele ao ver que ela estava sozinha na estrada, ajudou-a a sair dali. Ela deveria confiar em estranhos? Desde sua última decepção amorosa, estava correndo de problemas, sem contar que Chase era uma tentação para ela, talvez sua vida mudasse a partir daquele momento... Ela cedeu e passou a noite toda na casa do irmão de Chase, ela se entregou quando estava sozinha. Excitada, pensou em Chase na banheira de hóspedes...

A história se desenrola com muuuuuuito sexo, mas muito mesmo, de todo tipo que você puder imaginar. Chloe mal conhece Chase e já quer se entregar à ele, talvez para tentar esquecer a sua última decepção amorosa; ela conhece os perigos, ela quer tentar de novo, correr o risco, confiar de novo. Chase não é igual aos outros homens, isso ela foi percebendo aos poucos pela forma como ele a tratava, ele tinha algo especial, um toque especial, era muito carinhoso com ela, suas palavras eram totalmente medidas para agradá-la. E ele sempre demonstrava um interesse muito peculiar por ela, estava começando a se apaixonar, a se excitar cada vez mais, isso desde o dia em que a viu naquela estrada sozinha.

Confesso que me deparei com cenas super pejorativas e tensas, dignas de erotismo safadão... Só senti falta de ação no meio da história, ação do tipo "chega de sexo", eu sei que é um livro erótico, mas tem outros assuntos à tratar, né?... Porque o que eu queria mesmo ficou tudo pro final, para as poucas páginas que restaram, foi tudo muito rápido, tudo muito aceitável, acho. Se a autora pudesse deixar o sexo um pouco de lado, a luxúria um pouco de lado, para dar mais atenção ao leitor que quer respirar um pouco quando o livro está pegando fogo, isso deixaria a história mais legal, mais dinâmica...

É um livro super fácil de ler, claro que para os menores de 18 anos devem passar longe desse livro... Aprendi que sexo pode ser muito prazeroso, mas claro, depois que se ganha muita confiança do parceiro, o prazer não tem limite.


19 Comentaram:

  1. Não gosto muito de livros do tipo de 50 tons que exageram nas cenas "Hots" então fiquei feliz em saber que este é mais light! Mas parece que a autora também peca em focar mais nessas cenas do que em realmente construir uma boa história. Bem, em todo caso, fiquei curiosa para ler =)

    Bjs
    @tibiux

    ResponderExcluir
  2. Eu não li nenhum livro do gênero ainda, mas a minha "preocupação" é a da vulgaridade mesmo. Não curto! E aparentemente este livro é mais light. Talvez valha a pena começar por ele.
    Concordo que uma história que se baseia só em sexo não deve ser tão profunda e nem tão boa quanto uma que apresenta outros elementos.
    Mas vamos ver!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Xi... parece que você não curtiu tanto assim....
    Me interessei pelo livro pelo porque achei que não seria só sexo, sabe?
    Devo ler?

    ResponderExcluir
  4. Sou das que ficaram um pouco com o pé atras nesse lance de modinha erótica. Até pq ,pra mim, erótico sempre foi romance de banca né?rs
    Mas acabei lendo e gostando da trilogia Cinquenta tons..Daí, vem a NC e manda essa trilogia.
    Ainda não li nem esse primeiro livro,mas vi os lançamentos(acho q de Janeiro) que já traz a capa e sinopse do terceiro volume)
    Ow..se é um livro erótico, precisava falar mais o que??rsrsrs
    Ainda vou ler, qdo chegar a hora :)


    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Foi isso que percebi também. Que se tratava de mais um romance de banca...

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que você vai gostar. Ele é mais direcionado para o público feminino, mas todos podem ler ele.
    É bom, mas com aquela expectativa de quando termina é que faltou algo sabe...

    ResponderExcluir
  7. Light no sentido do vocabulário, ela não joga tudo de mão beijada ao leitor, ela faz muitas premissas...

    ResponderExcluir
  8. Tb não me conquistou essa onda toda de erotismo em páginas, depois dos 50 tons... Sei lá, uma história tem que privilegiar outras coisas tb. Como vc citou muito bem na resenha, ficar só apelando para o sexo, sexo acaba ficando vulgar e insensível.
    O que mais aprecio numa leitura é o envolvimento dos personagens entre si, com seus conflitos e dramas e como resolverão... Decididamente não tenho a menor curiosidade.

    ResponderExcluir
  9. =(
    Eu também não fui pela onda, quando vi a sinopse me encantei, não superou minhas expectativas, mas foi legalzinho.

    ResponderExcluir
  10. Ainda vou ler né! Mas espero que valha a pena. Vi resenhas bem legais dele, outras nem tanto, e agora fico aqui pensando o que esse livro tem e o que não tem de bom.

    ResponderExcluir
  11. Você já viu a capa americana? Tem mais relação com a trama pois tem um vinhedo e uma mansão.

    Já li algumas resenhas e pude perceber algumas coisas em relação ao livro. O mesmo tem uma trama bem clichê: mulher sofrendo com relacionamentos anteriores e homem que não se apega a nenhuma mulher. Penso que está causando burburinho por ser da nova moda do momento.

    Não pretendo ler essa série. Não curto essa temática.

    ResponderExcluir
  12. Não é bem tooodoo o tipo de sexo que se pode imaginar, mas tem alguns.. hahaha Achei bem xarope esse livro, não gostei não!


    Essa história de lançar livro erótico é uma droga, porque os livros fazem sexo parecer uma coisa mecânica, "fala linda, pega no peito, vira de costas" ai.. é tudo igual! e tudo chato! Desabafei! rsrs
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Esse foi o único livro que li até agora dessa onda mais "hot" e confesso que achei que a autora iria "pegar mais pesado". Pra quem já leu romance de banca, esse não é um livro que traz grandes surpresas. Quanto à história, realmente é fraca de conteúdo e o enredo não tem nada de mais. Mas tenho que dizer que gostei de ler. Foi uma leitura rápida, que me divertiu e me fez passar um tempo bacana. Talvez porque li sem grandes expectativas, foi uma boa leitura, sim.

    ResponderExcluir
  14. Eu gostei de Cinquenta Tons de Cinza, apesar de falarem muito das cenas de sexo, eu não achei nada de mais, as cenas ficam mais fortes pela escrita da autora que é meio "chula", mas fora isso eu gostei. Eu acho que esse livro é uma grande aposta para vermos se há uma grande semelhança entre os livros.

    ResponderExcluir
  15. Virginia de Oliveira7 de dezembro de 2012 09:19

    Não tenho interesse em ler esse livro, não entrei nesse onda de ler esses lançamentos de livros eróticos.

    ResponderExcluir
  16. Que bom que esse livro, apesar de ser erótico, não chegue a ser vulgar. Com certeza ficaria mais interessante com as pausas pra respirar que você sugeriu, rs, quero ler mas com certeza sentirei falta disso. Ainda bem que as últimas páginas dão esse alívio ao leitor.

    ResponderExcluir
  17. Li muito Júlia e Sabrina na minha adolescência. Esses livros da Belle Andre lembram bastante os romances de banca, mas tem mais cenas de sexo do que tudo na vida. O que no início era interessante passou a ser chato. Já li o segundo livro da série e as coisas não melhoram nem um pouco, mais e mais sexo vem pela frente.

    Beijos
    Caline

    ResponderExcluir
  18. Confesso que não gosto do tema erótico, e a situação não melhorou depois que eu vi que muita gente fala mal do livro justamente pelo fato de a Bella Andre ter se prendido muito ao sexo e se esquecido um pouco da história em si.
    Não tenho nem um pouco de vontade de lê-lo, mas o modo que você falou sobre ele ficou muito interessante
    Parabéns!

    ResponderExcluir