Resenha - Para Sempre - Kim Carpenter e Krickitt Carpenter

escrito por Rafael Fernandes


Para Sempre
Título: Para Sempre
Autora: Kim Carpenter e Krickitt Carpenter
Editora: Novo Conceito
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse:
A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Resenha:

Uma história real e maravilhosamente emocionante, linda e de tirar o fôlego.

Kim e Krickitt Carpenter são personagens reais e encantadores do livro Para Sempre, para quem tem suas dúvidas, Kim é o personagem masculino e Krickitt com esse nome bem esquisito é a feminina. Ambos escrevem o livro, e não escrevem mal, pelo contrário sabem do que estão falando, pois viveram a história, já que escreveram de uma forma muito precisa, até demais, não encontrado nos livros comuns que contam como se fosse uma fantasia do autor, mas como fato de verdade.

Há quem possa discordar de mim, visto que os autores foram muito seco nas informações, mesmo assim senti a emoção do autor, e os diálogos mal se encontravam o que me fez cansar um pouco.

Depois do acidente de ambos, Krickitt perde boa parte de sua memória, mal se lembrando de Kim, seu grande amor, o que ocasiona todo o drama da história.

Não gostei muito do final, mas pra mim a história toda valeu a pena, só não gostei por ter esperado mais do que tinha previsto, no entanto uma bela história para sonhar com um fim maravilhoso. 

A capa do livro é linda, os personagens contracenando dão a impressão que a emoção é iminente com a leitura. Ver o casal se recuperando é melhor ainda, foi uma emoção diferente e ao mesmo tempo em que torcia para dar tudo certo...

Não vi o filme, mas acho que há mais emoção por lá do que por aqui no livro, recomendo, mas não garanto que todos irão gostar por se tratar de uma história real e seca em alguns momentos.


3 Comentaram:

  1. E eu que pensei que Krickitt fosse o nome do homem... Que coisa, ein? Também não sabia que era uma história real.
    Então, essa capa é linda. Adoro esses dois atores.
    Quanto a história, me atraiu desde a primeira vez que vi o trailer, e talvez lá haja mais emoção mesmo.
    Quero ler (e assistir).
    (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... Que nomes estranhos colocam para personagens tão sofridos... Vamos juntos assistir quem sabe.

      Excluir
  2. Eu tive a oportunidade de ler este livro e realmente é uma história incrível e tocante! Quanto ao filme, eu o assisti e, infelizmente, não gostei do resultado. Algo não se encaixou na trama do longa e não convenceu. =/ Uma pena, já que tinha tudo pra ser tão emocionante quanto o livro.

    Parabéns pela resenha, Rafa! :DD

    ResponderExcluir