Resenha - Pode beijar a noiva - Patrícia Cabot

escrito por Rafael Fernandes

Autora: Patrícia Cabot
Editora: Planeta
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 2 de 5

Sinopse:
Apenas um homem poderia propor a ela casamento... Emma Van Court, dama de uma família londrina, jamais esperava ficar viúva e sem vintém na aldeia escocesa de Faires. E quando uma fortuna lhe foi prometida, se ela tornasse a se casar, a bela professora deparou-se com um mosaico de homens solteiros lutando por suas atenções, desde o pastor local até um detestável barão. Um doce beijo selaria aquele amor... James Marbury, conde de Denham, era moderno e sofisticado... e totalmente desacostumado às estradas lamacentas e aos telhados de palha de Faires, para onde viera depois de saber do falecimento de seu primo Stuart. E sem demora ficou exasperado ao descobrir que seu amor louco e intenso pela viúva Emma continuava tão forte quanto antes. Diante de tantos homens solteiros que a cortejavam, James encontrou uma única solução: oferecer-se como marido temporário para Emma... mesmo que secretamente ele desejasse fazer seus votos durarem para sempre.

Resenha:
Pode beijar a noiva é um livro encantador, só de olhar a capa já ficarás tentado a olhar todo o conteúdo de uma vez só, lendo por entrelinhas também, mas não coma o livro tanto assim, para não se decepcionar no fim.

Nesse épico escrito por Meg Cabot com pseudônimo de Patricia Cabot, não tem nada de muito extravagante na história, como imaginava, e nem tão simples, digo, simples mesmo, ela simplesmente abusava de seu conhecimento na escrita sobre a época no qual a história se trata, buscava retratar de forma simplista e meiga como era o amor entre o conde e a dama londrina.

É um romance que não diria que todos adorariam ler, digo eu, além do mais, ver a história se desenrolando até o fim, ao se tornar tão melodramático e não mostrar o quanto gostaria que tivesse chegado, mas nenhuma surpresa, não, alguma emoção a mais, nada. Se espera de um final surpreendente esqueça esse livro, ela conta sim coisas que gostaríamos que acontecesse, mas de forma branda e passiva.

Simplesmente frustrei-me por essa parte. A narrativa do início até os últimos capítulos é de arrasar, mas na questão do final não gostei, achei muito simplista, até demais. Acho que bati e bato muito nessa tecla, deixando até a resenha chata. Mas continuando...

Achei nada a ver, vários rapazes dando em cima da pobre Emma, por causa do dinheiro que ela herdaria se se casasse, imaginei criativo, no entanto, quando logo mais tarde aparecesse o Conde de Denham para abocanhar os desejos ocultos que ela sentia por ele, a história virava outros quinhentos, e já mudava o clima da leitura, pra quente, por isso, já alerto que o livro contém cenas só para maiores de 18 anos...

Mas gostei muito da forma como a autora descrevia os fatos ao longo da história, gostei mais pela forma minuciosa como destacava os personagens e suas falas nos diálogos, é disso que eu gosto da literatura de Meg...

Pode beijar a noiva é narrado em 3ª pessoa, tem ótimo espaçamento e diagramação cansativa, para qualquer gosto, nenhum erro de português, no entanto como a escrita da autora é simples e fácil, fez com que a leitura fluísse de forma leve, o que jamais cansava. Capa linda, eu sei.

Não recomendaria para os fãs de Meg Cabot, isso mesmo, até porque eu como fã não gostei muito, no entanto, minha opinião pode ser diferente da sua se o lesse, talvez meus pontos fortes sejam mais fortes para vocês, e gostem mais do que eu, bom, já declaro que não gostei tanto, mas gostei sim, só não se tornou um favorito, enfim, leiam se achar por interesse da sinopse, assim como me interessou. Sim, a resenha acabou...


8 Comentaram:

  1. Amei sua resenha, mas é um livro que acho que vou gostar... Vou ver se ganho da Mamys de presente de niver :D
    Beijos
    Yasmin
    lerimaginar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mt mt vontade de ler esse livro , mas sempre está caro ou indisponivel "s Otima resenha rafa ")

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante de romances históricos e sempre quis ler esse livro, principalmente por ser da Meg.
    Alguns romances que eu li tem todos os items que você citou, e não gostou. Mas é como você mesmo disse, gostos são diferentes. Enfim, qualquer dia leio esse livro e digo o que achei.

    (:

    ResponderExcluir
  4. Tenho taanta vontade de ler esse livro..já tinha visto a capa dele no skoob, e fiquei muito interessada em lê-lo..tentei trocar com algumas pessoas mas não deu muito certo..mas enfim, adorei a historia, me deixou muito curiosa...

    ResponderExcluir
  5. Cenário perfeito (Inglaterra e época antiga) para uma história. A capa é linda e a história parece ser linda também.

    ResponderExcluir
  6. Uma ótima resenha, me deixou com mais vontade ainda de ler o livro. E eu não sabia que se passava na Inglaterra, agora com a resenha me fez querer mais ainda esse livro!

    ResponderExcluir
  7. Gostei da sinopse, apesar de que me lembrou de um filme (que não lembro o nome no momento), mas era um cara que era super disputado, enfim não vem ao caso.
    Bom não posso falar da Meg Cabot porque nunca li um livro dela (momento vergonha), mas tenho curiosidade e também fiquei curiosa para ler esse escrito por ela com o pseudônimo de Patricia Cabot.
    Porém acho que iria gostar muito de ler por se tratar da Inglaterra de antigamente. ^^

    ResponderExcluir
  8. Luiza Ferreira Gomes13 de julho de 2012 23:53

    Nossa, deve ser muito perfeito, ainda mais para românticas como eu!!! Quero muito ler esse livro!

    ResponderExcluir