Resenha - Círculo Secreto - L. J. Smith

escrito por Rafael Fernandes

Círculo Secreto
A história começa quando Cassie se muda da Califórnia para New Salem, depois de passar as férias em Cape Cod, e começa a se sentir estranhamente atraída pelo grupo de jovens que domina sua nova escola. Cassie logo é iniciada no Círculo Secreto, uma irmandade de bruxas que controla a cidade há séculos, numa aventura ao mesmo tempo fascinante e mortal. Ao se apaixonar pelo sombrio Adam, será preciso escolher entre resistir à tentação ou lutar contra forças obscuras para conseguir o que deseja - mesmo que um simples passo em falso possa significar a sua destruição. Primeiro volume da trilogia Círculo Secreto, de L.J. Smith, a criadora do fenômeno mundial e best seller do New York Times, Diários do vampiro que deu origem à série de TV da Warner Vampire Diaries. Livro, também que deu origem à série de TV Secret Circle!
Cassie é uma garota tímida que de férias em Cape Cod conta os dias e as horas para voltar a Califórnia, para sua vida normal e seus amigos. Enquanto isso, fica ouvindo Portia, uma garota que só sabe falar sobre ela mesma, é então que conhece o garoto misterioso dos olhos cinza-azulados, “como o mar no que tinha de mais misterioso”. Ela se encanta com garoto (amor à primeira vista), e romantiza tanto seus pensamentos que fiquei até confusa, mesmo sendo óbvio que há algo muito mais forte e incompreensível atraindo-os. Então, ela se arrisca por ele mesmo sem conhecê-lo bem. Ah, mas ela não se apaixonou por ele à primeira vista e tal? Sim, mas questionei-me se isso foi burrice ou coragem, algo que faltou muito para ela no resto do livro. Sua mãe, que fisicamente se parece com uma adolescente, lhe comunica que elas vão morar com a avó, em New Salem, pois essa está muito doente e sozinha. Cassie aceita isso condescendentemente. Como pode isso? Qualquer adolescente mais ou menos normal faria das tripas coração em uma situação como essa. Ressalto ainda que no decorrer do livro, ela nem ao menos se lembra de sua antiga vida (ela não era popular, mas tinha o seu pequeno grupo). Isso sim é estranho! Enfim, ela chega a New Salem, à casa de sua avó (que pelas suas primeiras impressões realmente parecia uma bruxa, com verruga e tudo, mas que depois descobriu ser “boa” pessoa), com aparência de abandonada e velha.
As coisas no colégio não começam nada bem. Logo ela conhece a big bitch Faye e suas amigas. Cassie se mete onde não é chamada e em troca Faye passa a persegui-la, colocando diariamente um “presentinho” em seu armário, entre outras coisas. Ela então fica sabendo da existência do “Clube”, no qual Faye e suas amigas fazem parte. Então, ela finalmente conhece Diana, a líder do “Clube” (isso quase na metade do livro). Cassie descreve Diana de um jeito muito peculiar: cabelo como seda da cor do sol, entre essas coisas... Bem estranho. E o modo como elas pularam a fase de melhores amigas para irmãs tão rapidamente, ou até mesmo como um cachorrinho de rua que Diana adotou. A vaga para o Círculo Secreto não era de Cassie, e sim de Kori, irmã dos gêmeos Henderson, ambos integrantes do clube, mas devido a algo que aconteceu, Cassie foi “convidada” a integrar o círculo para formarem os 12 membros. Eu não diria que convidada é o termo ideal, pois a maneira como ocorreu a tal iniciação foi sinistra, até pensei que a Cassie estivesse sonhando. E novamente ela aceita tudo numa boa, como se dissessem: Você é uma bruxa, e você respondesse: Ah, ok! E o tal do garoto de cabelo ruivo? Esse aparece quase na última parte do livro, e Cassie fica bem perturbada pois descobre que ele é Adam, namorado de Diana. Essa é uma das informações que a contra-capa nem a sinopse do livro deveriam trazer, pois tornaria a história bem mais interessante. O que ela fará agora? Ela ama o Adam, mas também ama a Diana e não pode trair sua confiança.
Questões debatidas por Cassie e seus pensamentos controversos. Faye, continua bitchfromhel, e quer o lugar de Diana, pois tem uma fome infinita de poder (das trevas). Algo que achei meio sem-noção sobre a Cassie é que quase não demonstrou nenhum espanto alarmante ao descobrir que era bruxa, ao integrar o Círculo e tudo mais, mas continuou com o mesmo medo da Faye. Qualquer um na situação dela (eu pelo menos) procuraria aprender todos os segredos (pelo menos os importantes) para se defender e não aceitar ser chantageada. Então você vira a página e... O livro termina e nos deixa numa aflição enorme por essa aceitação estúpida da Cassie, e na dúvida sobre o que ela fará. Não tenho um personagem favorito, todos complementaram ao seu modo e de certa maneira a história. Mas a Cassie... Tomara que deixe de ser mosca morta nos próximos livros. Apesar de ter classificado a Faye com bitchfromhell ela é quem deixa a história com um ar de suspense, pois é sempre cheia de mistérios e sempre com as típicas piadinhas de vilãs.
O livro é narrado em terceira pessoa e gostei bastante da escrita da autora, pois apesar da solicitude da Cassie a história tem ritmo, e não fica enfadonha, tanto que li o livro em seis horas (tá, eu sei que é bem curto e tudo mais). A revisão e a diagramação estão muito boas. A capa e sua textura são um capítulo a parte, excelentes! 

Nota: 4
Géssica Ferreira, ou para todos, Gessy, com incríveis dezoito invernos vividos. Gosta de qualquer coisa (não!), desde que não faça muito barulho. Ler de tudo (tudo mesmo!). Embora na maior parte do tempo viva em dimensões paralelas encenando as histórias dos livros de fantasia que lê, está sempre buscando coisas novas e interessantes. E livros. Apesar de suas opiniões controversas sempre tenta compartilhar com outras pessoas as coisas boas (e ruins) que encontra por aí. E livros estão entre essas "coisas".


13 Comentaram:

  1. Esse livro está na minha lista de próximas leituras, acho que muitos dos livros de hoje em dia trazem informações na capa, contra-capa e sinopse, que seria mais interessante se mantivessem o mistério.


    Parabéns pela resenha;

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente adorei sua resenha Geh, sério, se for sua primeira vez, está de parabéns... Estou sem palavras, espero que possa mais vezes resenhar por aqui, eu lendo, já fiquei tentado a pegar ele entre todos os que tenho pra ler de parceria, ufa... Suas palavras merecem serem lidas sempre... ^^

    ResponderExcluir
  3. Estou louco para ler Círculo Secreto. Sou um dos poucos que gostou de Diários de Vampiro, e desde então sou fã da escrita da LJ, sério.
    Quero ver se compro o Almas Sombrias ainda de VD. *-*
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns,Gessy!
    Gostei muito da maneira como escreve.Você só me deixou ainda mais ansiosa para ler esse livro que está na minha lista de leituras desde seu lançamento.
    Ótima resenha!
    Bjs!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  5. É isso que acontece atualmente, às vezes, é bem ruim. 

    Obrigada! (:

    ResponderExcluir
  6. Ah, obrigada! *-* Eu também espero, sinceramente. Você lê ele rapidinho, mas nesse caso os de parceria, talvez, tenham prioridade. Ou não! Obrigada mesmo! 
    (:  

    ResponderExcluir
  7. Se você gostou de Diários de Vampiro, provavelmente, gostará de Círculo Secreto. Recomendo que leia mesmo! Espero que consiga Almas Sombrias. (:

    ResponderExcluir
  8. Obrigada! *-*
    Isso é bom, né? rs  Assim que possível leia mesmo, é uma bom livro, apesar de tudo. 
    Obrigada, novamente!

    (:

    ResponderExcluir
  9. Como Rafael disse, esse livro é tipo, Ufa! Mas enfim, nada como uma boa resenha pra lhe convencer a lê-lo não é mesmo? Ficou ótima, bastante esclarecedora , bem daquele tipo que te deixa querendo mais, entende? Pois então! Novamente, ficou bacana de se ler essa sua resenha Gessy, sua primeira eu imagino que não seja, mas se for, está de parabéns! Não é novidade que escreves bem, rs. 

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. haha é bom demais esse livro , um dos meus prefiridos ! haha entãonão direi nada!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada, Luiz! *-*
    Creio que seja a segunda. rs Escrevo bem? rs Obrigada!  Espero que leia o livro, se puder, é claro. É muito bom! (:

    ResponderExcluir