Resenha - Vestida para Casar - Alice Sharpe

escrito por Rafael Fernandes

Vestida para Casar
Os sinos da capela anunciam a marcha nupcial...
Na porta da igreja, Victoria jogou para trás o véu de noiva, atirou o buquê nas mãos do pai estupefato, virou-se e saiu correndo. Seu noivo infiel que esperasse no altar, até ficar com dor nos pés! Tudo o que ela queria naquele momento era fugir, para o mais longe possível. Mesmo que para isso tivesse de entrar no primeiro carro que surgisse à sua frente!
David Cutter estava dirigindo a uma velocidade lenta, procurando vaga para estacionar. De repente uma jovem vestida de noiva pulou para dentro de seu carro e pediu que ele pisasse fundo no acelerador! Como David poderia negar? A noiva fugitiva era linda, uma adorável visão em laços e renda branca. O charmoso solteirão é instantaneamente enfeitiçado... Na verdade, ele até já consegue imaginar-se dizendo "Sim, eu aceito"...
Alice Sharpe autora do livro fez e faz totalmente meu estilo, romance que pega fogo do início ao fim, ela não desanima nas palavras, fala puramente os detalhes sobre sexo, detalhadas vorazmente no livro, não recomendo para menores.
Victoria Nance, uma linda mulher, super inteligente e uma amante dos animais, trabalha como veterinária, ela para não dizer maravilhosa, é um espetáculo de mulher, vestida para casar descobre que uma pessoa muito chegada a ela, que não vou dizer quem é, para não falar muito,  trai com seu futuro noivo Benjamin Rinaldi (Trapaceiro e ex- amigo de David), mas que desiste de casar com ele antes de entrar na igreja. Ben é um cara super arrogante, acho que foi por isso que Vic desistiu dele além da traição imperdoável.
Seguindo a história, David Cutter, um mega empreiteiro, que ajuda Vic a fugir em seu carro, além disso destaco o personagem como qualidade sincero e como defeito egoísta assumido, também vai perceber esse defeito mais intensamente no final do livro, ele ajuda na corrida de Vic, quando ela sai correndo da despedida do pai em frente a igreja, tentando explicar que Ben é um imbecil, não conseguindo falar o motivo real, e vai sai correndo para o estacionamento aonde David estava, claro que ele não podia negar fuga para uma bela dama de olhos azuis.
Achei a personagem Victória ingênua demais, e às vezes até querendo consertar os erros alheios, como os defeitos de David, o que me fez querer desistir do livro na mesma hora, mas o que me despertou do sono profundo foi ver que pela simpatia e ousadia dos ataques românticos que David tinha pela Victoria a história ficava mais emocionante e picante ao mesmo tempo.
Os lugares descritos pela autora são totalmente breves, não dando destaques para os mesmos, mas cita o montanha, como um lugar belo e cheio de magnitude e ainda nostálgico, já que foi lá que David pode presenciar o medo de se casar e ter filhos, como fracassou o casamento de seus pais.
Sem contar que a autora do livro escreve muito bem, não fica "enchendo linguiça", e vai logo direto ao ponto, ela usa uma linguagem simples, mas também rebusca de vez em quando para expressar umas partes estranhas, tipo o sentimento de David por Victoria, pois está meio que confuso, só saberá que ama ela realmente no fim da história, pois sua avó... não vou dizer!
É importante também dizer que David é o típico cara que fica com 2 numa noite, ou até certa parte do livro ficava, apesar disso ele estava namorando com a personagem Anna, um erro para ele, mulher muito mesquinha, desiste fácil dela e se entrega totalmente a Vic.
Vestida para casar é um romance de banca que você paga por menos de 5 reais e leva para casa para ler depois de um dia cheio e quer tirar o estresse do dia, com uma excitante leitura, esse é o livro para você, que quer sonhos picantes.
Enfim, história linda, final feliz, sei que você gostou, não sou egocêntrico nem nada como David, mas fica a dica para ler esse romance pitel.
Fiz caminhada hoje, e me relaxou mais ainda, depois da leitura acabada, dei altas gargalhadas, do início ao fim do livro, pois pude sentir alívio de saber que David amava Victoria e além do mais, ambos destacavam o sentimento com gestos e carinhos nos rostos e beijos roubados, principalmente por parte dela, que sempre o fazia, esqueci de dizer que ela é meio que atrevida, mas tem um dom espetacular de excitar David.


4 Comentaram:

  1. Não acredito que nunca tivesse visto esse livro ! Pela sua resenha deve ser muito legal e picante. Deu vontade de ler e 122 páginas eu acho tão pouco.

    ResponderExcluir
  2. @Marcelo Lima
    Oi Mah, esse livro não é um livro livro mesmo, é tipo livro de banca pra ler numa sacada só! Opiniões diversas a parte, 122 para mim é muito já que leio devagar, e vc lê rapido.. olha as evidencias!!

    ps maquina de escrever abçs

    ResponderExcluir
  3. Livro de banca é livro sim!kkkk eu adoro viu?kkkk
    Ah,realmente esse deve ser muito bom!

    Ótima resenha,esse mês a mamis comprou 6 livrinhos fofos de banca pra moi!

    ResponderExcluir
  4. @Babi Ever
    Sim Babi, obrigado pelo comentário, os livros de bancas pra mim sao os melhores pq sao os mais emocionantes e rapidos de ler... tenho uma amiga que tem mais de mil desses em casa, invejinha dela! esse resenhado é bem legal

    ResponderExcluir