Resenha - Sereias - O Segredo das Águas - Mirella Ferraz

escrito por Rafael Fernandes

Sereias - O Segredo das Águas
Autor: Mirella Ferraz
Editora: Novo Século
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 4 de 5

Sinopse
“E então aconteceu... a mágica chegou... E não existiam pernas e pés ali, mas sim um manto de escamas com mil tons de anil, verde e dourado. Uma cauda de peixe... Uma cauda de sereia!” 
Neste romance encantador, urdido a sal e água, é narrada a emocionante história de Coral, uma garota de aparência exótica, que nasceu envolta em mistérios sobrenaturais e com um estranho fascínio pela água. Poderá ela, com a ajuda do apaixonado Marcelo, desvendar todos os enigmas que cercam a sua vida? Conseguirá sua mãe, Marina, afastá-la de um destino que, para ela, parece apavorante, mas que constantemente se revela inexorável? Qual preço você estaria disposto a pagar para ajudar seu grande amor? Com uma narrativa dinâmica e empolgante, o leitor viajará pelo mundo de uma das mais fascinantes figuras lendárias, e presentes, de todos os tempos: a sereia. E verá que, muitas vezes, as lendas são mais reais e estão bem mais próximas de nós do que imaginamos. Venha desvendar o que se esconde nos mares... 
“Fiquem então em silêncio e apurem seus ouvidos, porque podem ser agraciados com um canto vindo das ondas... por um canto de sereia...”

Resenha:
Pense em um livro totalmente mágico, que te faz mergulhar no mais profundo oceano... Pensou? Pois bem, Sereias te levará além, te mostrará todas as verdades dos vários mitos sobre sereias que nos cercam até hoje.

Os pais de Coral sempre tiveram dificuldades pra engravidar, até que numa viagem ao nordeste do Brasil, uma senhora estranha presenteia Marina, mãe de Coral, com uma rosa, ao tocar na parte de baixo, uma gota de seu sangue cai no mar... Até aí tudo bem... 

Logo depois, vem a notícia de que Marina e Tom, estavam aguardando um bebê. Antes disso, Marina vinha passando por momentos de tribulação, seus sonhos eram todos macabros, no qual diziam que sua filha seria tomada dela quando completasse o ciclo de sua vida na terra, que o lugar dela era no mar e não com os seres terrestres... 

Coral, vem como uma surpresa, o sexo do bebê foi inesperado, visto que o enxoval estava todo decorado no modo masculino. Marina ficou preocupada, porque sabia que a moça em seus sonhos dizia que seria uma menina, mesmo assim a mãe ficou feliz com o nascimento da linda Coral.

Marcelo, se apresenta em primeira pessoa alguns capítulos depois da história, deixando a história meio confusa, até então ele estava escondido na história, quando se encontra finalmente com sua deusa... 

Pra começo de conversa, ele morava em outro estado, e quando soube que seu pai se mudaria, ficou triste na mesma hora, visto que já estava tudo certo na sua vida atual, tinha amigos na escola, e estava se dando bem com seus novos amigos, mas teve que acatar o pedido do pai, e juntos foram para Pirassununga/SP, a mesma cidade onde Coral estava. Ele acaba a conhecendo quando o professor da mesma sala que a dela, apresenta-o pra turma como novo aluno, e Coral foi a única que se ofereceu pra ser seu amiga. 

Juntos passam a se conhecer, Marcelo descobre a paixão que Coral tem pelo mar, o sonho que a consome em conhecer uma praia litorânea, aliás Coral, tinha milhares de estátuas de sereias escondidas de sua mãe, no guarda-roupa principalmente. A menina de cabelos de sereia também descobriu que Marcelo a cada dia mais estava se apaixonando e encantando-se pela sua beleza. Quem não gostava nada disso era sua mãe, tudo que fosse ligado a sereias, a mãe dela fazia questão de afastar da filha, porque tinha cisma de que sua filha fosse roubada a qualquer momento.

Depois disso segue-se muitas reviravoltas, vários mistérios são desvendados, aliás desde o princípio Coral não fazia ideia de que era uma sereia, mas tinha o desejo intenso de ser uma, até porque ela se parecia realmente com uma, cabelos chamativos, olhos de golfinhos, corpo de sereia... Marcelo a descreveu com imenso vocabulário  e acabei a comparando com Aria, personagem da série PLL, só que com o cabelo todo loiro, nos 50 tons da cor do sol, agora podem imaginar como ela seria? 

Será que Coral seguirá seu caminho como sereia, ou tomará o coração de Marcelo seu grande amor e sua grande paixão. E seus pais totalmente preocupados com sua saúde e seu futuro, aonde eles encaixariam nisso tudo? Eles vão aceitar que sua filha viaje pra longe pra nunca mais voltar? Como surgem as sereias, porque  tudo isso aconteceu justamente na vida de Coral? Todas essas respostas você encontra nesse belíssimo romance brasileiro. 

A capa feita pela Mariana Ávila está digníssima, pois a imagem de uma sereia e o reflexo das águas batendo no cabelo dela tornou uma completa obra de arte... A diagramação tudo ok e detalhe, folhas amarelas, onde ajuda o leitor a não se cansar durante a leitura, típico da editora... ^^

Acho que o objetivo do livro é mais do que entreter na leitura, é ajudar os pais que se encontram/encontrará na mesma situação que Tom e Marina, como consta no fim desta obra. Um livro que realmente te fará conhecedor de todos os segredos dos mares...

Sem mais para o momento, agradeço pela sua leitura e encerro minha resenha aqui. Muito obrigado.


22 Comentaram:

  1. Essa capa realmente é linda! E adorei o nome da protagonista, Coral!

    Agora me diz uma coisa, é um volume só, ou é série?

    Espero que quando eu ler eu goste do livro o tanto que você gostou, e descubra quais foram as reações gerais quando descobrirem que Coral é uma sereia!

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Rafael! Estou ansiosa para ler Sereias! Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi, é volume único. Bom, eu acho. rs
    Porque a autora finalizou tudo. Sem deixar faltar nada.

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é muito linda! 
    Gostei muito da resenha e me convenceu a querer ler o livro. 
    Imaginem só, uma Aria loira... *-*
    Li apena um livro sobre sereias, o "Sereia",  da Tricia Rayburn.   E a índole das sereias, como quase sempre, não era nada boa. Será que nesse livro elas também são más? Fiquei curiosa. 
    Vou ler! 

    ResponderExcluir
  5.  Realmente essa capa está muito linda!!!

    E que romance gostosinho!! Amei!! Quero muito ler. Tem outra coisa, além de ser um romance bom pelo que percebi, ainda é nacional!!!! ADORO

    ResponderExcluir
  6. Oi Le, é nacional mesmo, a narrativa é contagiante. Todos vão adorar.

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkk Também imaginei a Aria loura. haha 
    Esse que vc citou necessito ler urgenteeeee, tenho dois livros da série e nada de tempo pra ler!
    Nesse livro as sereias são dóceis, com destaque apenas para Coral. Revela mais ainda... Tudo!

    ResponderExcluir
  8. Começando pela capa ... é muito linda mesma. Acho que o tema Sereia ainda é pouco explorado e que lugar melhor para ambientar uma história com elas do que o Brasil, com essa quantidade de área de oceano que temos? Gostei muito do enredo e com certeza será sucesso.

    ResponderExcluir
  9. Fora falar sobre sereias (que eu adoro!) Ainda é de autor nacional, que me deixa mais curiosa ainda, porque super apoio o incentivo da literatura nacional.  Gostei da história!  Já quero muito ler *-*

    ResponderExcluir
  10. Primeira resenha que leio sobre esse livro e literalmente, me encantei..rs
    Adoro livros assim, que tem o estranho e mágico poder de nos remeter a lugares que nunca fomos, como por exemplo, o fundo do mar e seus mistérios.
    Não é uma situação comum...mas se for parar pra pensar, não seriam sereias também os filhos que não vem como sonhamos??
    Essa adaptação, essa convivência de amor...as transformações.
    Olha, quero muito ler esse livro.
    A capa ficou linda demais!

    beijo

    ResponderExcluir
  11. Eu não vi graça nesse livro. Não fui muito com a cara não...Achei até interessante, mas não é pra mim =/

    ResponderExcluir
  12. Sua sinceridade valeu o comentário. Isso aí.

    PS pra todos: Gente nunca tenham medo de escrever o que vocês realmente ACHAM, só assim para descobrirmos que tipo de livros vocês mais gostam de ser resenhados aqui...

    ResponderExcluir
  13. Ficou ótima a resenha, seria injustiça não comentar aqui. As vezes a gente tem que dar o braço a torcer :D

    ResponderExcluir
  14. Ouwwwn, obrigado CJ, você é ótimo. Já sabia, que muitos não iriam gostar, o tema é bem difuso, e tem seu público-alvo não tão grande assim quanto imaginei.

    ResponderExcluir
  15. Um romance nacional tão bem recomendado, eu quero ler com certeza.

    ResponderExcluir
  16. Gostei bastante da resenha.   
    Eu gosto de livros que falam de magia, de criaturas mágicas, é meu tipo preferido de livros.. acho que vou adorar esse livro, não vejo a hora de lê-lo!

    ResponderExcluir
  17. Eu me apaixonei pela capa divina do livro e me
    interessei, pois sereia é um tema não muito bem explorado e ainda por cima é brasileira,
    então, combinação perfeita para me fazer querer. Não conhecia muito da
    história, mas a resenha ajudou a me encantar mais ainda pela obra. 

    ResponderExcluir
  18.  Desde menina tenho uma ligação profunda com o mar, foi nele que me liguei em todos os momentos, bons ou ruins e cada livro que me remete a isso me fascina. To loouca pra ler e gostei muito da resenha!

    ResponderExcluir
  19. ADORO sereias! Me encantam. E nunca li um livro sobre sereias até hoje, apesar de ter uns 3 na minha lista. Esse no entanto é uma leitura pelo visto diferente ... fiquei intrigada. Acho que não seria uma escolha de história mas achei a resenha muito bem feita e acabou me convencendo ...

    ResponderExcluir
  20. Amei a resenha! O livro parece ser tudo o que eu gosto, claro, não é bem uma história supernatural como eu gosto, mas tem esse mistério que também é muito legal.
    Então eu quero muito ler!
    Adorei sua resenha!!

    ResponderExcluir