Resenha - Leviatã - Scott Westerfeld

escrito por Rafael Fernandes

Leviatã: A Missão Secreta
Título: Leviatã 
Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Páginas: 365
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 5 de 5

Sinopse
Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à vapor e darwinistas usam imensos animais geneticamente modificados, e adaptados para a batalha. Alek Ferdinand, príncipe do império austro-húngaro, está sem saída. Perdeu seu título e o apoio do povo, restando apenas um imenso ciclope Stormwalker e um grupo leal de homens. Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica. Os caminhos dela e de Alek se cruzarão de maneira inesperada, levando-os a bordo do Leviatã para uma viagem que mudará suas vidas.

Resenha:
Leviatã não é uma distopia, muito menos um romance, se trata de um gênero diferente do que estamos acostumados a ler nos dias de hoje. O estilo steampumk me pegou de jeito, nunca li um livro tão envolvente que pudesse superar todas as minhas expectativas. 

Leviatã é um livro que mescla futuro e passado. Conforme o autor afirma no posfácio: 

Portanto, Leviatã aborda tanto futuros possíveis quanto passados alternativos. 

É nessa mistura entre passado e presente que torna a história mágica e totalmente empolgante. Quando comecei a ler, eu achei estranho essa mescla de acontecimentos importantes que já se passou como a 1ª Guerra Mundial, fui me acostumando com isso é claro.  Um dos acontecimentos que achei interessante ressaltar foi o assassinato de Francisco Ferdinando, todo mundo já estudou acerca e sabe muito bem o fim dele.

Me surpreendi ao descobrir o que era o Leviatã, que aliás tem tudo a ver com Darwin, lendo você ficará por dentro... 

O autor quis abusar do estilo steampumk e soube muito bem fazer isso.

É claro também que nem tudo é baseado em fatos reais, vários acontecimentos são criados pelo autor, ou até mesmo inventados, que achei crível e cabível, não gosto de histórias chatas que só fica no lero-lero. Westerfeld conseguiu trazer pra mim o momento mais fatídico da Guerra. Eu jurava que estava entrando naquele aeromonstro e comandando a nave, cheguei a pensar que era o capitão da mesma ou outras vezes estava pilotando com a ajuda de Alek naqueles berrantes andadores, que por incrível que pareça tem um aspecto sombrio pra mim... 

Gostei demais desse universo diferente criado pelo autor, que é queridinho entre os jovens, e eu já me tornei fã. Uma coisa que senti durante a leitura, e que talvez alguns possam também se confundir  é o quesito linguagem. A linguagem abrange muito vocabulário sobre peças de máquinas e termos darwinistas, isso me prejudicou um pouco na leitura, talvez seja um ponto negativo para o livro, mas no final das contas tudo valeu a pena, ganhei conhecimento, rebobinei o que eu já sabia sobre a 1ª Guerra Mundial e por aí vai... Não é um livro que você vai achar que é uma perda de tempo, não, pelo contrário, você vai se divertir, vai adquirir conhecimento e ainda vai adentrar nesse universo diferente criado por Westerfeld que só ele sabe contar e de uma maneira totalmente cativante. 

Quanto aos personagens, gostei muito de Alek, mas minha xodó foi a Deryn ou digamos Dylan, imagine um moço com aspecto feminino, pois bem, esse seria o Dylan, este por sua vez surpreende muito mais do que outros soldados da tripulação, por isso faz destaque no livro. Ele se alistou como homem, não quer ser reconhecido como menina, por isso evita ao máximo dar pinta, não quer também desistir do sonho de ser um soldado valente e de sobremaneira conhecedor dos inventos de Darwin. 

Enfim, pra mim o livro é ótimo, as folhas brancas não foi problema pra mim, ainda bem, até porque a letra usada e típica pela editora foi de grande ajuda. E sem o mapa que pode ser encontrado atrás da capa (lindíssima) da primeira página eu teria me perdido em meio a história, com tantos termos e destaques para países... 

Um dos melhores que já li no ano. Leia!


47 Comentaram:

  1.  Tudo que eu espero do livro! Já to morrendo de ansiedade aqui! O Scott é foda!

    ResponderExcluir
  2. Oi, ainda bem que minha ansiedade por esse acabou, mas agora fica a ansiedade para o próximo. Oh Gosh!

    ResponderExcluir
  3. Cheguei a ficar sem fôlego lendo sua resenha. O primeiro ponto que me chamou atenção foi se tratar de fatos históricos e quando envolvem qualquer das duas grandes guerras, o interesse já dobra. Realmente pareceu que tem uma pegada bem diferente do que estou acostumada e por isso mesmo fiquei com bastante vontade de conhecer esse estilo. A resenha foi show de bola!

    ResponderExcluir
  4. Oi Vani, eu que me empolguei com seu comentário. ^^
    O livro do Scott vale super a pena!

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é bem doido. Doido porque não sei se leria, não ultimamente. É legal, o livro tem uma história bacana, mas ainda não quero ler...

    ResponderExcluir
  6. Sei não, ein?  Ainda não consegui decidir se gostaria ou não de ler esse livro... 
    Essa de se disfarçar de homem para entrar em algum lugar já é velha, MAS... Cada caso é cada caso. Sabe, li pouca coisa desse autor e até que gostei. Bom, quem sabe um dia eu leia esse livro.
    Sua resenha está muito boa. 

    (: 

    ResponderExcluir
  7. Ainda estou aceitando sugestões de revisão...

    ResponderExcluir
  8. Hum ler ou não ler ? es a questão kkk bem eu realmente não sei se vou me agradar com esse livro ... mas não deixo de pensar que a história pareça interressante ...acho que vou dar uam chance pra esse livro ^^ Otima resenha

    ResponderExcluir
  9. steampunk.Não faço ideia do que significa o termo, rss.
    Gosto do autor pela série Feios e achei bem interessante o fato de alternar passado e futuro.
    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  10. Aione Simões Sérgio26 de outubro de 2012 21:39

    Oi Rafa!
    Apesar de ter amado Feios, do autor, eu não fiquei com tanta vontade de ler Leviatã. Parece ser excelente, mas ainda não sei se quero ler.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Nossa fazia tempo que não lia uma resenha boa desse jeito...
    Parabéns Rafael... pela ótima qualidade da resenha...

    ResponderExcluir
  12. só lendo pra dizer o que eu vou sentir sobre esse livro. não sei. 

    ResponderExcluir
  13. Fiquei meio insegura quanto a ler esse livro.
    É quase com se fosse uma versão alternativa da 1ª Guerra Mundial, e mesmo que o autor seja muito criativo e tenha escrito magnificamente, muitas pessoas morreram, eu não sei se conseguiria me divertir lembrando desse fato.  Como o autor lida com isso? 


    Deryn = Mulan. ADOREI ISSO! *----*

    ResponderExcluir
  14. Bem, não sei. rs
    Segunda resenha que leio sobre esse livro( essa a primeira positiva),mas ainda não consegui me convencer se devo ou não ler a obra. Muito show vc ter citado a parte sobre a primeira  guerra, afinal, em eventos desse porte, sempre aparece um detalhe ou outro que a gente ou se esqueceu ou nem sabia. Mas fiquei meio com o pé atrás com a escrita. Sou lesada demais, tenho certeza que iria me intediar ou não entender bulhufas.
    Páginas brancs tbém não são problema..
    Enfim, ainda vou passar.rs

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Fica tranquila, não é sangrento, nem mesmo percebi matança...

    ResponderExcluir
  16. O termo significa essa alternância e uso de passado e presente. Nunca li Feios, mas a série parece boa Ri, espero que você goste desse, eu gostei.

    ResponderExcluir
  17. Leia sim Rissia. É uma ótima oportunidade para sair das modinhas que estamos acostumados a ler, uma boa pedida eu diria. Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Já leu? Não é doido não, só o tema que é meio estranho e estamos pouco acostumados a ler. Mas enfim, espero que leia, acho talvez até goste...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oi Angela, fico feliz quando você lê minha resenha e fala tudo o que acha. Mas o interessante é que sobre a Guerra não mostra lutas de soldados à sangue, é mais Guerra à mutantes de mekanistas com darwinistas... Muito bom! Eu também sou meio lesado, mas com a narrativa desse autor, você se acostuma e aprende um monte de palavras novas...

    ResponderExcluir
  20. Oi Mih, esse livro é muito excelente, dê uma chance pra ele que tenho certeza que vai adorar...

    ResponderExcluir
  21. Nossa adorei essa resenha Rafa !! Fala de Darwin ? uau! Vou ler com certeza! 

    ResponderExcluir
  22. Ai Rafa, assim vc complica minha vida. Não estava pensando em ler esse livro, mas depois dessa resenha, como ignorar isso? 
    Assim, eu não sou muito fã do estilo, sabe? Mas acho que não posso deixar passar...

    Bjs, Kel - www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi, meu bem 

    gostei do nome e da capa desse livro....e agora com sua resenha fiquei mais afim dele ainda...não li nada desse autor ainda...tenho Feios ...mas to enrolando e nem li.....

    esta na lista já...

    bjiss 

    Jaira 

    Livros e Versos 

    ResponderExcluir
  24. A historia é bem interessante e diferente!! A resenha ficou muito boa , e me deu ainda mais curiosidade pra ler esse livro!

    ResponderExcluir
  25. Às vezes as leituras mais difíceis são as melhores, o importante é persistir, como você fez e ler com calma, quando a gente se deixa envolver pelo livro a história acaba fluindo. Estou querendo muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  26. Oie
    Amei sua resenha
    Tô louca de curiosidade para ler esse livro
    a capa é bem bacana.

    http://www.lostgirlygirl.com/

    bjos

    ResponderExcluir
  27. Me interessei bastante por esse livro desde a primeira resenha que li.
    Já tá na listinha de Natal! :D

    ResponderExcluir
  28. Adorei a resenha que você fez para o livro, não tenho muita vontade de lê-lo, mas em geral, tenho muita vontade de ler os livros do scott, inclusive tenho os vol's 1 e 3 da série Feios.
    Abçs

    ResponderExcluir
  29. Em se tratando de Scott Westerfield eu não esperava menos! O cara é demais em suas obras (atento ao fato de que só li a série Feios, mais já deu pra conhecer a ótima escrita e o estilo dele!)!  Detalhes ricos e personagens fortes são algumas das coisas que mais gosto em livros e Scott com certeza faz isso! Ainda não tive a oportunidade de ler Leviatã, mais espero lê-lo em breve! 
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  30. Parabéns pela resenha, Rafael,muito em redigida.
    O que esperar de um Livro escrito por do Scott Westerfeld? De tudo um pouco, a começar  pelo cenário retratando o início da Prime ira G.M ( o interessante é que o Leitor  vai ter um excelente divertimento e ao mesmo tempo aprender um pouco da história que envolve o estopim dessa guerra).
    O estilo steampumk, que traz algo novo,personificado em  seres novos e máquinas novas)fez com que eu lembrasse dos livros de H.G.Wells e Julio Verne com suas  máquinas incríveis,  e Leviatã realmente é um livro até que poderia virar filme,quem sabe,né?

     Muito interessante os termos darwinistas, e essa mistura entre passado e presente é alucinante. 

    Vai ter continuação?

    ResponderExcluir
  31. Oi vai ter continuação sim, se não me engano é trilogia, é tipo Júlio Verne, muito bom! Algumas vezes lembrei de A volta ao mundo em 80 dias...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Quando eu vi o nome Scott Westerfeld já pensei que o livro deveria ser muito bom. Me interessei bastante pela saga Feios, e gostei muito desse livro também. :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  33. Feios ainda não li, mas que esse é bom garanto!

    ResponderExcluir
  34. Com certeza Cris. Foi isso que senti em vários livros e nesse aliás.
    Espero que leia, vale super a pena.

    ResponderExcluir
  35. Sim, leia, fala sobre Darwin, espero que goste. ^^

    ResponderExcluir
  36. Seus comentários estão aparecendo, fico tãaaaao feliz!!!
    Eu jurava que seria seu estilo, sei lá, eu só achei... Leia e quero ler sua opinião.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  37. Oi amor, Feios é uma das minhas próximas leituras, mega ansiedade pra ver o que vou achar, porque se trata também de uma leitura diferente, e todos falam bem na série. Espero que leia Leviatã, é muito bom.

    ResponderExcluir
  38. kkkkkkkkkkkk Espero que seu livro chegue logo, tu vai ver o quanto Scott é foda em todos sentidos. ^^

    ResponderExcluir
  39. Começo dizendo que foi uma ótima resenha, você conseguiu traduzir todos os seus sentimentos pelo livro ! Parabéns (:

    Creio que eu também teria alguns problemas com essas linguagens darwinistas - não sou muito boa em história -, mesmo assim, eu gostei bastante do enrendo do livro, a partir do que você contou. A questão de Dylan ser uma menina, me lembra  Joana Darc.
    Perdoe a minha ignorância, mas eu nunca tinha ouvido falar sobre o gênero steampumk, é novidade pra mim, e possa ser que eu goste bastante de gêneros assim (:Beijooos :*

    ResponderExcluir
  40. Feios ainda não li, mas quero muuuuuito, quem sabe um dia eu compre a coleção completa um dia.

    ResponderExcluir
  41. Eu não conhecia o livro, mas depois de ler a resenha minha curiosidade ficou atiçada. 

    ResponderExcluir
  42. OMG, nunca li nada do gênero mas realmente parece ser bom.

    ResponderExcluir