Resenha - Aqueles que nos salvaram - Jenna Blum

escrito por Rafael Fernandes


Aqueles Que Nos Salvaram
Autora: Jenna Blum
Editora: Casa da Palavra
Onde comprar: Aqui
Nota sobre o livro: 5 de 5

Sinopse:
Uma história que ultrapassou todas as barreiras e preconceitos religiosos e ideológicos em nome do amor. Aqueles que nos salvaram conta a história de Anna, uma jovem de 18 anos com um futuro promissor aos olhos do pai, um simpatizante nazista: casar-se e ter filhos com um oficial alemão. Ao se apaixonar por um médico judeu, no entanto, sua vida muda completamente. Revelando uma história de paixão e amor condenado, um retrato sobre a vida durante a guerra e um impressionante drama da relação mãe e filha, o livro explora profundamente aquilo que escolhemos suportar ou resistir para sobreviver e o legado da culpa. O romance, narrado de forma envolvente pela autora, Jenna Blum, permaneceu na lista dos mais vendidos do New York Times durante um ano.

Resenha:
Uma história que realmente me tocou! Que deve ser lida com cuidado e carinho, pois se trata de um drama e também de um amor impossível entre um médico judeu e uma alemã que servia ao nazismo, uma aversão de casais típica de “Sem amor eu nada seria”, já resenhado aqui no blog.

A história é tocante e envolvente. A história se repete, judeus perseguidos, sofridos com a crueldade dos atos dos alemães nazistas e muitas cenas que são indizíveis.

O cenário da história é entrecortado em duas cenas, passado e presente, assim como em vários que já li do mesmo tema, isso costuma facilitar a leitura e dar um belo final ao romance. 

Ana se apaixona por um médico judeu e tem uma filha, a Truddy, uma jovem que se vê obrigada a internar sua mãe num asilo, visto que ela não quer cuidar de sua mãe, isso contado na parte do futuro dos mesmos.

Uma história que traz boas lições de vida, o preconceito bate de frente conosco, presenciando também a brutalidade humana.

A autora descendente de pais alemães e judeus escreveu de forma emocionante e real, já que demonstrou muito bem os sentimentos dos personagens. Um livro com uma narrativa adorável, capa linda e aveludada, mas numa letra muito pequena, o que pode dificultar o leitor e se cansar.

Com certeza é um livro que todos devem ler, com um final maravilhoso tornou um dos livros mais vendidos na lista do New York Times em um ano e também um dos meus favoritos. Leiam!


2 Comentaram:

  1. Vou ler, com certeza. Só estou aguardando o momento certo.
    Histórias sobre esses temas sempre nos emocionam. A capa é linda mesmo, e aquelas letrinhas?! Muito pequenas. Óculos para que te quero! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquelas letrinhas foram de matar, mas valeu a pena. Quase chorei. =)

      Excluir